Quais são os benefícios e malefícios do açaí?

Quais os benefícios e malefícios do açaí? Essa frutinha tipicamente brasileira que caiu nas graças do povo.

Típica das várzeas da região amazônica, esta fruta tão pequena, mas cheia de propriedades nutritivas se popularizou em todo mundo.

No entanto, assim como tudo na vida, tem seus prós e contras.

Se você já consome o açaí apenas pelo sabor, saiba tudo o mais que ele pode te proporcionar ou se por algum motivo deve o evitar.

Boa leitura! 

Açaí: qual quantidade consumir? Tem contraindicação? 

Conheça agora os benefícios e malefícios do açaí.

Fruto de uma palmeira é uma iguaria tipicamente brasileira, mais especificamente da região amazônica.

Devido o seu alto consumo na região Norte, o açaí se popularizou em todo o país e acabou chamando a atenção de outros países.

Por meio de pesquisas, foi constatado o alto poder nutritivo do açaí.

Rico em vitaminas, minerais, aminoácidos, antioxidantes, ele ainda ajuda muito na prevenção de diversas doenças.

Ou seja, traz muitos benefícios a saúde se usado de forma correta. Tais como:

  •         Rico em antioxidantes, combate os radicais livres, diminuindo o envelhecimento e o risco do câncer;
  •         Ajuda o sistema circulatório;
  •         Promove a saúde intestinal;
  •         Possui ação antiinflamatória;
  •         Reduz as taxas de colesterol;
  •         Age na saúde dos olhos;
  •         Pode ajudar na prevenção do Alzheimer;

Contudo, para que o açaí possa promover todos esses benefícios, deve ser consumido na sua forma mais íntegra.

Assim como acontece no norte do país, lá costumam consumir o açaí em diversas receitas, inclusive salgadas, como peixe.

Porém, no restante do país as pessoas estão acostumadas a acrescentar, xarope de guaraná, leite em pó e leite condensado, banana, paçoca e outros mais.

Dessa forma, o valor calórico aumenta muito, o que não é bom né?

Além disso, pode gerar alguns malefícios:

  •         Contraindicado a diabéticos, pelo alto nível de glicose, se for consumir mesmo assim, dispensar o xarope de guaraná;
  •         Tomar cuidado com a procedência da fruta, já que pode transmitir chagas, o ideal é que tenha o certificado de qualidade da Anvisa;
  •         Consumido em excesso pode provocar ganho de peso e hiperglicemia, que é o aumento de açúcar no sangue;

Conforme vimos até aqui, entre os benefícios e malefícios do açaí, o primeiro sai em vantagem.

Agora, cabe a você procurar ajuda de um nutricionista caso queira incluí-lo de forma regular na sua dieta.

Só para te dar um incentivo a mais, sábia que o açaí é muito indicado para praticantes de atividade física?

Isso porque ele fornece grande quantidade de energia, favorece a contração muscular e a saúde óssea.

Aumenta a capacidade do corpo de combater infecções por bactérias, vírus e fungos, devido a sua ação imune estimulante.

Ajuda no tratamento da anemia, principalmente se consumido junto com uma fruta cítrica. 

Conclusão 

Em síntese, os benefícios e malefícios do açaí foram apresentados para você de forma bem imparcial.

Definitivamente, o açaí é aquela fruta que não podemos ficar sem.

É multifuncional, ajuda no combate às doenças, previne o envelhecimento precoce e ainda ajuda no desempenho de praticantes de atividade física.

Seja na sua forma íntegra para consumo diário, seja cheio de incrementos, açaí é vida.