O papel que o jornalismo desempenha na sociedade

A palavra “jornalismo” é muitas vezes complicada e mal interpretada por muitos. A maioria das pessoas não considera o jornalismo uma profissão, porque não há um conjunto de diretrizes que todos devem aprovar e não há currículo exigido para os jornalistas. Vivemos um tempo em que as notícias são acessadas de diversas maneiras, através de diversas plataformas. Blogueiros e ativistas são considerados jornalistas por muitos. E é aí que reside a complicação da palavra.

Jornalistas não podem ser vistos apenas como escritores, editores e âncoras de notícias. Ser jornalista significa ser um quarto ramo invisível para o governo. Os Pais Fundadores criaram a Primeira Emenda para proteger a imprensa contra a tirania. Os jornalistas devem ser os vigias da sociedade e informar o público. Requer um grande dever cívico e uma devoção à verdade. Os jornalistas fornecem aos cidadãos as informações para formar suas próprias opiniões.

Muitas vezes, os jornalistas podem perder sua credibilidade devido à grande quantidade de fontes de notícias disponíveis para uso hoje. Muitas pessoas recebem notícias via Twitter, Facebook ou blogs. Consideraríamos essas pessoas jornalistas porque estão informando o público? Deveria haver uma distinção entre pessoas que estudam jornalismo e pessoas que contam as notícias? Jornalistas diferem dos blogueiros porque se mantêm em um padrão mais alto. Os jornalistas devem escolher suas fontes, procurar diligentemente a verdade e sempre identificar fontes e seus motivos.

Os jornalistas se apegam a um certo código de ética e tomam decisões muito importantes ao reportar notícias para o mundo. Muitos jornalistas são criticados por suas pesquisas, como o caso de Sean Penn escolhendo entrevistar e escrever uma matéria sobre o traficante mexicano El Chapo. Embora isso tenha sido considerado controverso para muitos, demonstra a liberdade da imprensa americana e as decisões morais que os jornalistas precisam tomar. Devemos ser os únicos a decidir o que é importante que a sociedade saiba.

Os cidadãos dependem dos jornalistas para denunciar a verdade justa e manter uma opinião imparcial. O papel de um jornalista é facilitar a democracia e é importante estabelecer quem é um jornalista com credibilidade e propósitos profissionais. Vivemos em um mundo em que a clickbait é considerada uma forma de “jornalismo”, quando a imprensa costumava ser de grande importância há um século. A sociedade está dificultando a credibilidade dos jornalistas. O mundo precisa de jornalistas porque eles estão comprometidos em encontrar a verdade e proteger os cidadãos.