Nutrientes essenciais presentes no coco e seus benefícios

Nutrientes essenciais presentes no coco e seus benefícios

Você é amante de coco e adora incrementá-lo em receitas especiais em sua cozinha? Saibam quais são os nutrientes essenciais presentes no coco e seus benefícios. Faça desse um dos seus ingredientes favoritos.

Principais nutrientes do coco

O coco é um fruto calórico, uma vez que cerca de 100 g de coco cru fornecem cerca de 342 calorias provenientes de gorduras boas (34%). É pobre em carboidratos (4,8 g por 100 g) e proteína (4,2 g em 100 g), embora seja notável em fibras (8 g).

Ele possui vitaminas e minerais como potássio, fósforo, magnésio, ferro e vitaminas E, C e grupo B em quantidades mínimas.

Sua água é uma excelente bebida isotônica e seu óleo é antiviral, antimicrobiano e antifúngico.

FARINHA: MUITA FIBRA E ZERO GLÚTEN

Pessoas com intolerância ao glúten têm um valioso aliado na farinha desse delicioso fruto: é usada para fazer bolo de coco e diversas outras receitas de padarias que você pode encontrar no Tudo na Cozinha.

É mais pobre em carboidratos (16%) do que a farinha de cereais (70%), mas fornece muita fibra (40% do peso, 12% da farinha de trigo integral) e duas vezes mais proteínas (26%).

UM LEITE DELICIOSO

O leite de coco possui gorduras boas e é grosso. De acordo com sua diluição, contém entre 15 e 22% de gordura. É muito menor que o leite de vaca integral, que fica entre 30 e 35%, mas se você deseja perder peso, não é recomendável tomar mais de 60 ml por dia e sempre deve ser consumido em qualidade orgânica.

COLESTEROL MAIS BAIXO

75% das gorduras do coco estão saturadas, mas sua riqueza em ácido láurico reduz o colesterol ruim (LDL) e aumenta o bom colesterol (HDL)

REIDRATAÇÃO DE ÁGUA

A água de coco é uma bebida isotônica natural obtida a partir de cocos verdes, colhidos em cinco ou seis meses. É leve e fornece açúcares e gorduras em doses moderadas, além de minerais e vitaminas.

UM ÓLEO ANTIMICROBIANO

O coco maduro é composto por 35% de óleo de coco, o único formado em mais de 50% por ácidos graxos de cadeia média, facilmente digerível. São assimilados sem a ajuda da bílis, são solúveis em água e penetram suavemente na corrente sanguínea e no fígado, onde são transformados em energia.

Por outro lado, estudos sugerem que ele possui ação antimicrobiana, antiviral e antifúngica, interna e externamente. Pode ser usado como óleo corporal em infecções fúngicas ou bacterianas. Em países tropicais como a Tailândia, é usado para cozinhar, pois suporta bem altas temperaturas.

O óleo de coco só pode ser usado se prensado a frio

Os efeitos benéficos do óleo só podem ser atribuídos aos obtidos por prensagem a frio de cocos recém-colhidos (preferencialmente orgânicos), não refinados, descoloridos ou desodorizados, e embalados em vidro, prontos para serem utilizados.

Coco na cozinha

Para saber se um coco está em boas condições, basta agitá-lo. Se a água for ouvida quando estiver em movimento, ela será fresca. Ao abri-lo, é conveniente remover a água fazendo um buraco com uma faca afiada em um de seus três olhos.

A polpa é extraída quebrando o coco martelando ou envolvendo-o com um pano e jogando-o no chão. Para conservar sua polpa, ela deve ser colocada em um recipiente com água e armazenada na geladeira. Permanece até três dias se a água for trocada diariamente.

ATENÇÃO AO COMPRAR ÁGUA DE COCO INDUSTRIALIZADA

Ao comprar água de coco pronta para consumo, certas precauções devem ser tomadas. Nem todas as águas de coco comercializadas são igualmente puras. De fato, a água pura de coco, à qual os benefícios à saúde podem ser atribuídos, é aquela removida da fruta ou embalada adequadamente, sem acréscimos.

Muitos produtos comercializados como tais geralmente adicionam ácido ascórbico (vitamina C) como conservante e até adoçantes e outros aditivos. Também não é a água de coco autêntica que vem dos concentrados.