Conheça melhor o Salário Maternidade para MEI

O Microempreendedor Individual (MEI) regulamenta a atividade de trabalhadores autônomos que faturam até R$ 81 mil por ano. Esses indivíduos, por meio do recolhimento do DAS-MEI no valor mensal de R$ 52,00, podem ter acesso a diversos benefícios previdenciários, como aposentadoria por idade, auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e até salário maternidade. Veja a seguir como funciona o salário maternidade para MEI.

O que é e como funciona o salário maternidade para MEI?

O salário maternidade da MEI é destinado a todas as mães microempreendedoras que necessitam parar suas atividades momentaneamente após o nascimento da criança. Esse benefício é pago pelo INSS.

Quem tem direito ao salário maternidade para MEI?

Tem direito ao salário maternidade da MEI as mulheres empreendedoras ou as que prestam algum tipo de serviço e estejam registradas nesse regime. Para ter acesso a esse benefício é necessário ter pelo menos 10 meses de contribuição antes da sua solicitação.

Qual o valor do salário maternidade para MEI?

O valor pago pelo INSS é de um salário mínimo.  Entretanto, se a MEI tiver um emprego fixo de carteira assinada ela pode receber dois salários-maternidade, um pago pelo empregador e outro sobre a responsabilidade do INSS.

Se a MEI der entrada no benefício depois de quatro meses do nascimento da criança a parcela será paga de uma única vez pelo INSS.

Como pedir o salário maternidade para MEI?

Esse serviço pode ser solicitado de três formas: pela internet no MeuINSS, selecionando a opção “Requerimento de Salário Maternidade”; Ligando para o número 135, a Central de Atendimento está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h (horário de Brasília); ou em uma agência do INSS, entretanto, para comparecer presencialmente é necessário fazer o agendamento. O site “Consulta meu INSS” ensina como realizar o agendamento dos serviços do INSS pelo site ou telefone.

Quando pedir o salário maternidade para MEI?

O benefício pode ser solicitado logo após o nascimento da criança. Porém, a MEI possui o prazo de até 5 anos para requerer o salário-maternidade, desde que comprove o período de contribuição de 10 meses anterior ao parto.

Como comprovar o direito a este benefício?

É necessário ter em mãos RG, CPF, Carteira de Trabalho, carnês e comprovantes de recolhimento do INSS, atestado médico (caso se afaste 28 dias antes do parto), Certidão de nascimento ou de natimorto e nos casos de adoção termo de guarda ou certidão nova.

Qual a duração do benefício do salário maternidade para MEI?

A duração varia conforme descrito abaixo:

  • 120 dias no caso de parto, natimorto, adoção ou guarda judicial para fins de adoção.
  • 14 dias, no caso de aborto espontâneo ou nos casos previstos em lei.

 

Gostou do artigo? Caso ainda tenha duvidas sobre o auxílio maternidade para MEI, entre em contato, ficaremos felizes em ajudar.

 

 

Como solicitar o Cartão Riachuelo e renovar o seu guarda-roupas?

como-solicitar-cartao-da-loja-riachuelo

O Cartão das Lojas Riachuelo é fruto de uma parceria entre a maior empresa de moda do país e o seu respectivo braço financeiro (Midway Financeira).

A Riachuelo foi fundada em 1947 e era destinada inicialmente à venda de tecidos a preços populares em diversas lojas de rua. Somente em 1979, já fazendo parte do Grupo Guararapes, a Riachuelo começou a vender roupas prontas e não mais apenas os tecidos têxteis.

Nos dias atuais, a Riachuelo se denomina como a maior loja de moda do Brasil, possui mais de 300 unidades espalhadas pelo país e conta com cerca de 50.000 funcionários.

Devido a essa forte presença no mercado nacional, o seu Cartão Riachuelo é cobiçado por milhões de brasileiros em busca de descontos nas lojas da empresa e melhores condições para efetuar o pagamento de suas faturas.

Quais as principais vantagens do Cartão Riachuelo?

Os principais benefícios oferecidos pelos cartões da Riachuelo são:

  • Possibilidade de solicitar até 3 cartões adicionais.
  • As compras nas Lojas Riachuelos podem ser parcelas em até 5x sem juros ou 8x com juros.
  • Possibilidade de ter um cartão de crédito com a Bandeira Visa ou Mastercard.
  • Descontos exclusivos nas Lojas Riachuelo.

Como solicitar meu Cartão Riachuelo?

Antigamente era possível solicitar o seu cartão de crédito da Riachuelo diretamente no site da Midway Financeira através deste link.

Entretanto, atualmente a única maneira de solicitar este cartão da Riachuelo é através do comparecimento a uma das lojas da empresa, portando um documento de identidade com CPF e um comprovante de residência.

Como gerenciar os gastros do meu Cartão Riachuelo?

Se você gosta de acompanhar de perto os gastos realizados com o seu cartão de crédito para não ter surpresas no final do mês, saiba que poderá fazer este acompanhamento diretamente pelo site da Midway Financeira ou através do aplicativo do Cartão Riachuelo.

Adicionalmente, o site bonsinvestimentos.com.br apresenta um tutorial completo onde ensina as diversas maneiras de imprimir a 2ª via da fatura Riachuelo.

Quais os telefones da Central de Atendimento?

Se você quiser tirar alguma dúvida por telefone, basta ligar para a Central de Atendimento dos Cartões da Riachuelo:

  • Capitais e regiões metropolitanas: 3003-4342
  • Demais localidades: 0800-701-4342
  • SAC: 0800-721-4033
  • SAC para deficientes auditivos: 0800-722-0626

E agora? O que você está esperando para correr até uma das lojas da Riachuelo e solicitar o seu cartão? Só não esqueça de fazer o uso consciente do seu Cartão Riachuelo e aproveitar todas as ofertas para renovar seu guarda-roupas!

Para sugestões, elogios ou reclamações sobre o nosso conteúdo, acesse nossa página de contato.

Aganp Contracheque Goiás GO

A consulta ao contracheque é a maneira de servidores do estado e outras pessoas em especifico, saberem a situação dos seus vencimentos. O mundo está cada vez mais desenvolvido, e atualmente é possível realizar diversas tarefas através da internet, uma delas é verificar o seu recebimento.

Quem pode realizar consultas a contracheques?

contra cheque go

A consulta a contracheques em agências físicas ou de maneira online pode ser realizada apenas por servidores públicos, pensionistas, ou então funcionários de empresas que possuem cadastro no Banco do Brasil. Essa é a maneira que o Governo possui de divulgar os vencimentos de seus funcionários.

Quem possui direito a benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) também pode realizar a consulta de contracheques.

Consulte o contracheque através do banco físico

A verificação do contracheque está disponível exclusivamente em agências de autoatendimento do Banco do Brasil, isso foi realizado com o objetivo de aprimorar os recursos da Secretária de Administração.

Para imprimir o contracheque você deve seguir os seguintes passos: Insira o cartão no caixa eletrônico; opções de consulta; opções de contracheques; digite sua matrícula e aperte o botão verde, pensionistas devem digitar o número da pensão; digite o mês e clique no verde; insira o ano e clique no verde; digite as letras da senha; e por fim retire o contracheque impresso.

Faça uma consulta online ao contracheque

Os servidores que desejarem podem realizar uma consulta ao seu contracheque através da internet, basta clicar no link, informar o seu CPF (Cadastro de Pessoa Física); a senha; o mês e o ano que deseja verificar; e digitar o código de verificação. Quem não possui senha, ou está com o CPF invalido, deve procurar o setor de RH (Recursos Humanos) do seu órgão de atuação.

Imprima o contracheque através do site

Após inserir todos os dados da forma correta, você terá em mãos o contracheque, de maneira rápida e sem custos, e até poderá imprimi-lo caso ache necessário.

O documento pode ser verificado mensalmente via internet, ele é liberado no site logo após o fechamento do mês. Isso é proporcionado devido ao avanço da tecnologia e aos investimentos que o Governo Estadual de Goiás realizou na área.

Quais os benefícios de ser um servidor público?

Passar em um concurso público e conseguir uma vaga como funcionário do Governo não é uma tarefa fácil.

Os servidores públicos possuem estabilidade, algo extremamente importante em tempo de crise econômica, após três anos o funcionário não pode ser demitido sem justa causa; o salário recebido por esses funcionários é maior do que os pagos por empresas privadas; normalmente os salários públicos são acima da média paga por outras empresas, além de possuírem diversos benefícios extras, como o adicional por tempo de serviço; a jornada de trabalho dos servidores públicos é menor e mais flexível, sendo apenas 6 horas de trabalho por dia na maioria dos cargos; e claro, a aposentadoria também é melhor.

Além disso, o funcionário pode ficar 2 anos longe do cargo, e depois retornar, mas não irá receber salários.