SLIDE

21 setembro 2018

O pior conselho que já ouvimos sobre livros

“Nossa, é muito complicada a sua história”
”Por que não tem romance na sua história?”

Quando se começa a escrever um livro é natural querer buscar informações de quem já atua nesse mercado.
Mas nem sempre essas informações e conselhos ajudam.
É importante que o escritor iniciante entenda que, se ele deseja criar uma coisa realmente nova, dificilmente vai encontrar pessoas experientes nesse assunto.
Pois é, escrever é quase sempre reinventar, e é por isso que as ideias inovadoras são tão veementemente combatidas.
É comum ouvir:
“Faça personagens mais comerciais”
“Coloque um alívio cômico ali ou aqui”

Mas estas receitas prontas podem não ser convenientes á sua motivação ao criar a sua história.



A importância do novo

Mais do que nunca, é importante que se crie personagens com rostos e nomes novos. O respeito à diversidade é um degrau importante na evolução do trabalho literário e quem entender isso primeiro tem mais chances de ser lembrado pelo seu trabalho, do que os que insistem em reescrever romances que já foram escritos um milhão de vezes.
O escritor é um formador de ideias. Um profissional responsável por tratar dos assuntos de sua época. E o que seria desse trabalho, se ele se voltasse apenas para as ideias do passado?
Mas o que é difícil, quando se fala em inovação nas narrativas, é que num mar de capas iguais com personagens sempre “hetero-branco-cristão-de-olhos- verdes” o seu personagem novo dificilmente vai encontrar uma boa crítica.
Talvez o pior conselho que já ouvimos sobre livros seja o de tornar a coisa mais fácil de vender. Afinal a arte nem sempre é fácil de engolir. Mas como criar livros inovadores que agradem a esse mercado?
Comece devagar

Primeiro ganhe espaço. Entenda que o leitor precisa conhecer a sua forma de trabalho e pra isso você precisa se apresentar de alguma forma. Crie uma ponte com o seu público e mostre que o diferente pode ser bom.
Você pode fazer isso com vídeos ou com postagens na sua página de trabalho. Divulgando suas ideias de modo a gerar interesse por elas. Nessa fase também é interessante entender como o seu público reage ao seu trabalho. E caso está reação não seja muito positiva, entenda que talvezsua ideia precise ser melhor desenvolvida ou o seu público mais segmentado.

Trabalhe suas técnicas

Comunicar exige técnica. Nem sempre é fácil expressar as suas ideias de modo claro. Por isso descubra maneiras melhores e mais eficientes de transmitir os seus pensamentos.
Evite os rodeios, seja objetivo. Procure oficinas que estimulem a escrita e converse com outros autores. Leia muito, mas com o olhar avaliador e entenda como os maiores escritores transmitiram suas motivações através dos diálogos dos seus personagens.

Entenda

Ninguém nasce sabendo de tudo, e se você quer evoluir de verdade, criar uma coisa realmente nova e chamar atenção para a sua história, você vai precisar de mais treinamento.
Aprender é sempre bom, e por mais talentoso que seja o escritor, ainda precisará de humildade para aprender com as críticas.



Gostou? Leia o artigo sobre Como Divulgar Livros e saiba mais! Siga nosso Instagram para receber todas as novidades em primeira mão e acompanhe nosso Skoob para saber o que estamos lendo.



COMENTE PELO BLOG!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital