SLIDE

03 abril 2018

Papel de parede: Uma forma prática de inovar o ambiente

O uso do papel de parede está em alta e é uma alternativa para quem quer um revestimento moderno sem gastar com materiais de construção e em pouco tempo. Porém, como todo acabamento, existem vantagens e desvantagens, por isso é importante conhecer um pouco mais sobre esse novo queridinho dos arquitetos, decoradores e designers na decoração de interiores.


A vantagem começa com a instalação, é fácil e rápido, não produz quase nenhum resíduo e não exige mão de obra especializada na sua instalação. O papel de parede tem o poder de dar uma outra cara ao cômodo que for aplicado, sem deixar cheiro de tinta. Com uma durabilidade de até 12 anos dependendo do tipo, e quando bem aplicado e bem cuidado.
O papel de parede é um revestimento que também controla a temperatura do ambiente, por ser uma cobertura a mais na parede, e é por isso que são tão utilizados nos países mais frios. Ele pode esconder imperfeições nos acabamentos da parede, porém não podem ser colocados sob uma infiltração ou rachaduras. Esses são problemas estruturais que devem ser resolvidos antes da aplicação.
A manutenção do papel de parede é basicamente a limpeza, que pode ser feita com água e sabão. Os texturizados podem acumular poeira e por isso devem ser limpos mais regularmente. Não deixe o revestimento molhado, pois ele pode soltar ou absorver a água e acabar mofando.
Há quem goste de papel de parede na decoração de cozinhas ou banheiros, mas deve-se ficar atento ao instalar o papel nestes cômodos, pois são mais úmidos e requerem um material resistente ao contato constante com a água.
Existem vários tipos de papel de parede e cada um possui características específicas para cada cômodo. Há o papel de parede vinílico, usado em lugares de grande circulação e úmidos; o papel de parede tradicional que possuem compostos de celulose, para ambientes secos; o papel de parede acetinado que não acumulam poeira e os texturizados que são mais utilizados nas salas.
Não existem regras para esse revestimento e uma das grandes vantagens é a possibilidade de inúmeras combinações, inclusive com outros produtos como tintas, ladrilhos, cerâmicas, etc. Desvantagens
Tudo tem um lado não tão bom, e com o papel de parede não é diferente. Digamos que a maior desvantagem do papel é o processo de aplicação, que mais demorado que uma pintura. Existe uma preparação antes da aplicação, há as folhas grandes e as menores e para colocar e retirar existe um certo cuidado e o uso de ferramentas apropriadas.

Curta nossa página e acompanhe as novidades em primeira mão

Aplicar no banheiro e cozinha é um risco, mesmo existindo os papéis próprios para esse ambiente, pois esses lugares são úmidos e o papel de parede pode se despregar facilmente. E dependendo do tamanho da área que irá aplicar o custo pode ser mais alto que uma pintura, o que pode elevar o custo também é a qualidade e textura do papel.

Gostaram do post? Então siga nosso blog, e acompanhe nosso Instagram e Facebook para não perder nenhuma novidade.

COMENTE PELO BLOG!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital