SLIDE

08 janeiro 2018

Temas polêmicos abordados pela Netflix em 2017.

Atypical é o nova produção polêmica da Netflix, em 2017 o streaming vem focando em assuntos delicados, como o suicídio e a depressão na série “13 reasons why” e também bulimia e anorexia no filme “O mínimo para viver”. São produtos originais e explorados para o público adolescente.
Essas duas produções foram criticadas por passar uma mensagem romantizada dos problemas de seus protagonistas, mas serviu de reflexão para todos sobre alguns assuntos, as redes sociais na época eram palco de reflexões e mensagens positivas.



Já a nova série Atypical, tem uma critica boa e está também comentada nas redes sociais, ela aborda o TEA (transtornos do espectro autista).
Criada por Robia Rashid e oito episódios disponíveis, o personagem Sam (Keir Gilchrist), um garoto autista que está no ambiente escolar. Com suas limitações e também personalidade, começa a mostrar melhor como afeta a família e os amigos a doença e como lidar com isso. Ele começa a descobrir quem é e como viver com o autismo.
Apesar de abordar um assunto delicado, a produção traz comédia na medida certa e também assuntos que estamos acostumados. A história poderia ser minha, sua e a do Sam e tudo que queremos e ser reconhecidos.
O trailer mostra um pouco o que rola na série




A conscientização que a plataforma está trazendo com essas produções, estão esclarecendo pontos e assuntos não explorados e com isso traz entendimento a pessoas que não conheciam o assunto abordado.
Nicolli Lopes



COMENTE PELO BLOG!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital