SLIDE

05 janeiro 2018

A importância da castração para saúde do animal

Castrando seu cão ou seu gato você evita uma série de problemas físicos e problemas para sociedade, como reprodução desordenada de animais.

A castração é um ato de amor. É uma decisão que traz benefícios não só para seu, mas para todos os animais. Castrando seu cão ou seu gato você evita uma série de problemas físicos, como a formação de possíveis cânceres, e também evita problemas para sociedade em geral, como reprodução desordenada de animais, o que causa muitas vezes o abandono. Com o abandono nas ruas, os animais ficam vulneráveis a doenças, a chuva, ao atropelamento e se reproduzem desordenadamente.

Cães se reproduzem de seis em seis meses e gatos de três em três meses. Quando não castrados, sua reprodução é em progressão geométrica, gerando milhares de filhotes. A castração é a forma de controle populacional animal. Anteriormente as pessoas acreditavam que a matança de animais poderia controlar a população de animais, fazendo com que centros de controle de zoonoses e canis matassem muitos animais. Aos poucos a população vem se conscientizando que essas não são medidas eficazes, mas ainda são necessárias políticas públicas para educação da sociedade quanto aos cuidados com os animais.
Com a castração das fêmeas, diminui o risco de doenças uterinas e de infecção no útero. A castração antes do primeiro cio praticamente exclui o risco de câncer mama. E lembre-se: não é necessário ter uma cria para depois castrar. Esse é um costume passado por muitas gerações, mas procriação não é sinônimo de saúde. Além de todos os benefícios para o animal, também evita-se a procriação desenfreada e aumento da população animal.
Os machos ficam mais tranquilos depois da castração, deixando de produzir hormônios sexuais (que faz com que eles fujam para ir atrás de fêmeas). Também é evitada a ocorrência de tumores nos testículos e diminuem problemas ligados ao trato urinário. Seu animal não tem escolha, segue apenas o instinto. É dever do responsável pelo animal cuidar e prevenir crias indesejadas.

Cuidados após a castração
A cirurgia é realizada sob anestesia geral, e normalmente não é necessário que o animal permaneça internado. Recuperando dos efeitos do sedativo, ele pode ir para casa, mas com os devidos cuidados. Durante sua recuperação evite que faça esforços e o espaço para sua recuperação deve ser limpo e confortável. Dê comida leve durante a recuperação e cuide do corte da forma que o veterinário orientar.
Se o animal quiser lamber o local da cirurgia – o que não pode acontecer – coloque um colar elizabetano para evitar que ele encoste seu rosto na ferida. Controle também os outros animais domésticos, caso haja na casa, para que eles também não mexam na ferida do castrado.


Curta nossa página e acompanhe nosso Instagram para não perder nenhuma novidade sobre o blog...

Post em parceria com Jacqueline Gonçalves

Beijos e até a próxima!


COMENTE PELO BLOG!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital