profiss

15 junho 2016

Profissão Escritor, Paula Mesquita

Meu nome é Paula Mesquita, tenho atualmente 47 anos, separada, mãe de um casal
de filhos, uma com 24 anos e o outro com 17 anos.
Em 2011 quando saí de uma empresa totalmente frustrada profissionalmente, resolvi que iria descansar e ficar sem procurar emprego pelo menos por uns dois meses. Eu havia dado a empresa toda minha dedicação. Virei literalmente duas noites para fechar um determinado serviço e no final das contas, mesmo depois de três anos de trabalho o cargo que eu almejava não foi alcançado pelo simples fato de não ter curso superior. 
Nessa época também me foi negada a chance de estar com o homem que eu amava. Encontrei-me perdida emocionalmente e frustrada profissionalmente.
Comecei a analisar-me para ver onde eu estava errando e questionamentos surgiram...
Por qual motivo eu me encontrava sozinha há sete anos?
Seria mesmo apenas a falta do diploma que me impedia de ter alcançado o cargo
Sem respostas ainda para minhas perguntas, eu fugia constantemente da realidade e imaginava cenas de romance em minha mente onde eu conseguia vencer todos os obstáculos e ser plenamente realizada e amada.
Em uma noite lembrei-me de que amava escrever redações. Então pensei:
- Por que não colocar em palavras todas as imaginações da minha mente aliadas à minha vida real?
Nessa época eu mantinha loucamente um relacionamento virtual com um árabe. Foi então que escrevi sobre nós dois e como eu gostaria que ele tivesse agido. Surgiu “Taminah, a Princesa da Pérsia”.


Conheci através de uma amiga, um homem maravilhoso. O interessante é que tínhamos a mesma ótica para enxergar certas situações. Dávamo-nos muito bem. Para meu espanto somente quase um ano depois, eu soube que ele era um famoso escritor e ator. 
Fiquei aborrecida, mas ele me explicou que sempre fazia isso até descobrir quais eram as reais intenções das pessoas que o conheciam e podia avaliar se iriam mudar depois da verdade ou não. Surgiu “Nova Perspectiva”.
De outra vez conheci um japonês. Ele tinha uma banda pequena numa cidade do Nordeste, pessoa boníssima. Surgiu “Quando o Destino Diz Sim”.
Comecei a trabalhar e com o isso veio às pressões do dia a dia. Desisti de escrever, pois as decepções do cotidiano em todas as áreas da minha vida foram roubando minha motivação.
E assim permaneci durante quatro anos na inércia. Apenas sobrevivendo no mundo como uma espectadora que não tem mais esperança.
No ano de 2014 tive que mudar de cidade por motivos pessoais, saindo da capital do país para uma cidade no interior do Goiás com menos de setenta mil habitantes. Tenho depressão e com isso foi difícil permanecer de pé. Para piorar, nem emprego conseguia.
Como não estava com dinheiro para comprar livros, descobri numa busca de frases de livros o Wattpad e comecei a ler, sendo meu primeiro “O Par Perfeito” da autora Shirlei Ramos. Apaixonei-me... 
Logo em seguida vi uma capa que me chamou a atenção, “Identidade”da autora Brooke J. Sullivan. Li vorazmente e vi que podia encontrar nos livros a tranqüilidade que não conseguia na vida real.


Virei uma leitora insaciável. Sempre gostei de Agatha Christie, Sidney Sheldon, romances de banca como Bianca, Júlia, Barbara Cartland... Meu tempo oscilou entre virtual e físico.
De repente, no início ano de 2015, mais uma situação abalou minha estruturas emocionais, meu querido e amado cunhado faleceu. A fuga para o virtual era mais interessante.
Não me lembro como encontrei um livro chamado “Segredos D’Ella” da autora Lena
Rossi. 
Iniciei a leitura... Na história uma amizade transformou-se em decepção, mas nem por isso a protagonista deixou de viver e buscar vencer seus fantasmas do passado.
Comecei a comentar nos capítulos postados pela autora e um dia vi que ela tinha um grupo no Whatsapp. Entrei e conheci muitas pessoas e autoras. 
Não imaginava que o universo da escrita nacional fosse tão amplo, por conta da péssima divulgação da mídia. Numa das minhas conversas com a Lena Rossi, nem sei o motivos que me levou a comentar que havia escrito três livros. Aí começo minha saga... Ela insistia na questão de que eu devia publicá-los no Wattpad. 
Isso nem passava pela minha cabeça, uma vez que eu não me achava capaz de estar no meio de tantas escritoras maravilhosas que eu lia.
Mas a Lena não desistiu, pelo contrário, insistia cada vez mais até que mostrei minha primeira história escrita. Ela mudou algumas coisas e convenceu-me a publicar.
A interação entre leitor e autor foi apaixonante, a cada capítulo publicado eu me regozijava nos comentários escritos.
A capa era horrível!
Eu particularmente, não tenho nenhum dom criativo para imagens, apenas sei o que quero, mas não consigo colocar em prática. Conheci a Dammy Costa que me ofereceu ajuda nas capas. Resultado: virou minha capista oficial.


Após publicar as três histórias já escritas novas ideias surgiram. Eu queria mostrar ao leitor que podemos ter uma vida difícil, muitas vezes injusta aos nossos olhos, mas que podemos passar por ela de cabeça erguida e com alegria, pois tudo passa e um dia tudo se ajeita.
Percebi que no Wattpad o leitor dava muito importância ao visual dos personagens.
Isso nem passava pela minha cabeça uma vez que sou muito imaginativa, então quando eu lia um livro, e até hoje é assim, eu já imaginava o personagem do meu jeito e todas as cenas se desenrolavam na minha mente fértil. Mas os leitores queriam visualizar as cenas com protagonistas reais. 
E nessa caminhada meu suporte foi a Dom como a chamamos carinhosamente. Ajudou-me em vários livros. A tarefa parecia simples, mas não era de jeito nenhum, pois o avatar tinha que ser visto como um encaixe perfeito ao personagem.
Vencemos mais essa etapa.
A quarta história surgiu em decorrência do personagem de Nova Perspectiva, os leitores queriam saber qual seria o futuro de Dante. Contrariando meu estilo de escrita sobre sequências, resolvi publicar “Podemos Amar Outra Vez?”
Em uma das conversas que eu tinha em outro grupo no Whatsapp vi uma conversa entre leitores que me chamou a atenção. Uma integrante contava como era a história dela com o irmão do seu cunhado. Tinha tudo para ser um romance maravilhoso se não fosse o fato deles não terem terminado juntos.
A história em si era muito atrativa e conversei com ela no privado, mostrando meu interesse em escrevê-la e dar-lhe um final feliz, digno de romances. A ideia agradou muito essa pessoa. 
Passei mais de um mês conversando com os dois. Fiz um grupo somente nosso, ora trocando informações com eles, ora no privado. Nasceu “Minha Melhor Amiga, Meu Amor...” narrada excepcionalmente pelo protagonista. 
Nessa época os leitores gostaram tanto que dei uma entrevista no grupo no Whatsapp Viciados no Wattpad.
Eu me sentia muito feliz e realizada. Eram nos meus livros que iam sendo gravadas situações da minha história de vida juntamente com minhas fantasias.
Por sofrer do mal do século chamado depressão e ver ao redor inúmeros amigos, inclusive escritores, veio a ideia de escrever um livro sobre esse tema e aconteceu “Destino ou Decisão.
Em meados de junho de 2015 tive um sonho com meu cunhado falecido, onde ele me pedia para escrever um livro onde mostrava que mesmo vivendo uma vida sem esperança e sabendo que sua doença jamais teria cura podia-se viver com alegria. 
Esse foi o livro mais difícil de ser escrito. Levei oito meses para concluí-lo, apesar dos poucos capítulos. Uma história forte como denominou minha mãe, mas que extraímos grandes reflexões para nossa vida. 
Nesse livro não consegui montar o elenco.
Nesse momento concluí no Wattpad o livro “Ainda Há Uma Chance” que já está publicado na Amazon. 
Nele mais uma vez mesclo minha realidade com a fantasia. Narro acontecimentos onde uma pessoa que ainda é muito importante na minha vida, prefere a amizade à entrega de uma paixão por medos do passado e convicções mantidas. 
Contudo, mais uma história onde podemos aprender que oportunidades aparecem em nossas vidas, mas cabe a nós agarrá-las. Ninguém fará isso por nós!!!
Hoje, por enquanto, tenho ainda publicado na Amazon, Além dos Limites da Vida e Taminah, a Princesa da Pérsia,  e Surpreendendo Minha Eterna Namorada, conto este publicado em comemoração ao dia dos namorados,  onde Marcelo, protagonista do livro Minha Melhor Amiga, Meu Amor... fez uma emocionante homenagem à sua amada. 
Ele ficará gratuito nos dias onze e doze de junho de dois mil e dezesseis.
Ressalto ainda que cada um dos meus livros serão publicados na Amazon.
Luto também por uma editora que compre minhas ideias, mas sem arrancar-me inicialmente um investimento do qual não disponho.
Porém nesse vasto mundo da literatura nem tudo são flores.
Entristeço-me quando vejo pessoas prometendo-me ajuda e não acontecendo...
Quando vejo a mediocridade de “autores” e “leitores” engolindo-se uns aos outros por se acharem melhores... Quando vejo “amigos” me procurarem prometendo-me  ajuda na divulgação, mas não movendo uma palha... Quando vejo meu email sem sequer uma resposta das editoras informando que aquela não é a obra que elas estavam procurando. O desprezo mata o sentimento.
Quando essas decepções começam a assolar-me, lembro-me por qual motivo resolvi escrever, da motivação que me leva a compartilhar meus segredos mais ocultos e volto para o computador colocando na ponta dos dedos as milhares ideias que povoam a minha mente diariamente.
Gosto de escrever histórias que contam sobre paixões, amores, sensualidade, superação e que acima de tudo possa levar o leitor a refletir sobre qual o caminho que tem trilhado até aqui.
Qual a moral da história que posso tirar como lição de vida? Essa é a pergunta que poderá estar como resposta em um dos meus livros.
Agradeço a Deus em primeiro lugar por conduzir-me até aqui, as pessoas que caminham comigo lado a lado e a Silvânia pela oportunidade em seu blog.
Que Deus nos abençoe!


Gostou? É escritor e quer escrever na coluna falando sobre sua profissão? Envie e-mail para umpoucodetudo01@gmail.com e participe!
Conheça mais da Paula Mesquista através de suas redes sociais: Site, Página do Facebook, Perfil Pessoal, Grupo no Facebook, Wattpad, Twitter, Instagram.
Siga nosso instagram: @blogdetudopouco
Curta nossa página, para não perder nenhuma novidade!






Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...