SLIDE

25 abril 2016

Profissão Escritor, Rebbeca Cruz

O pedido foi esse: relate dificuldades e vantagens de ser escritor. Bem, esse tema tende a ser muito amplo e complexo. Explico porquê. Ser escritor, infelizmente, para a maioria não é uma profissão única. Nossa realidade é muito diferente das imaginadas pelos nossos leitores. Idealizam-nos como seres que sentam diante do computador e colocam a imaginação á fluir, descrevendo fatos da nossa mente, relatando em páginas - muitas ou não - ideias e pensamentos que muitas vezes, nunca vivemos mas que conseguimos escrever de modo á levar pessoas á sonharem e extravasarem no mundo da imaginação. Em parte, digo que muitos estão corretos, porque graças á Deus, temos esse dom mesmo. Mas na prática, nossa vida diante do computador é totalmente dependente de rotinas. 
Primeiro: temos outro trabalho. Seja 8 horas com uma de folga, nos restam a noite e madrugada e certamente, interromperemos nossa escrita para acordar cedo no dia seguinte porque teremos mais 8 horas diárias. Ou ainda, trabalhamos em casa, sim "donas ou donos do lar" que têm filhos, contas, casa e marido ou esposa... uma família inteira para cuidar. 
Segundo: Não temos todo o retorno financeiro, se comparado á um escritor Best Seller internacional, que lança livros bons ou ruins, e que podem viver apenas disso. Aqui no Brasil, viver de escrever tende a ser muito difícil. 
Terceiro e último, editoras são fechadas. Muitos de nós, diante disso, tendem a buscar a autoria independente, onde a divulgação e venda é totalmente 100% sua própria responsabilidade. Isso não é de todo ruim, a autoria independente. Mas lá em cima, disse que existem as vantagens e desvantagens e isso cabe bem nesse termo (autoria independente). 
Ter uma editora também tem esses dois lados. Você pode estar em uma editora, mas existe um "contrato" que na maioria das vezes beneficia ambos, mas a maioria deles, possuem termos e cláusulas comuns. Ou seja, o escritor sucumbe ou não á isso. Finalmente, devo dizer que ser escritor aqui - entenda como cidade, estado ou país - é algo como um desafio. 
Tal como um advogado que se forma e necessita de prestar o exame da OAB para advogar; tal como um médico necessita prestar residência, para se tornar doutor... assim o escritor deve prestar a maior prova estabelecida dentro do desafio literário: a aprovação do leitor.



Se você é leitor, autor, parceiro entenda que temos desafios diários. Ser escritor, é servir um dom. Escrevendo e levando pessoas - leitor - á saírem de suas imaginações, sonhos e realidade, na maioria das vezes dura e crua, e sentir tudo (TUDO) o que os personagens sentem no decorrer das páginas. Ah, sonhadas páginas que fazem um mundo diário tão difícil, ser tão gostoso e desafiador, independente do gênero. Lembram das dificuldades que mencionei lá em cima... elas ficam em segundo plano para nós. Porque nosso ápice, é ver uma sementinha ler e se apaixonar pela leitura. Nem precisa ser nossos livros, basta ser uma leitura. E se for um nacional então, a satisfação é plena. Esta aqui, é minha opinião. Sou Rebecca Cruz. Autora da trilogia romântico-erótico SOB SEU DOMÍNIO e do (breve) EU CORRO PARA VOCÊ. Leio desde a adolescência, porque me apaixonei por livros de banca. Escrevo desde então, porque queria colocar minhas ideias em cada página. Hoje, busco isso mesmo: publicar todos os livros que tenho guardados, deixados nas gavetas por causa da minha primeira profissão. Mas nunca mais, deixarei esta avassaladora, deliciosa e desafiadora que é ser ESCRITORA.


Quer conhecer mais da escritora? Acompanhe suas redes sociais: FacebookInstagram, adicione o livro no Skoob.
Na próxima semana, receberemos o autor
Michel Duarte, autor de Sangue dos Deuses, não percam!





COMENTE PELO BLOG!

33 comentários:

  1. Oi Silvânia, eu não conhecia a autora, mas achei muito interessante poder saber um pouco mais sobre suas opiniões diante da profissão de escritor. Realmente é um caminho bem difícil, mas não pode desanimar.. E com certeza irei conferir suas redes sociais para saber mais informações sobre seu trabalho.
    Beijos, Fer ♥

    ResponderEliminar
  2. Olá
    Realmente ser escritor tem suas pedras, especialmente para quem está procurando seu lugar ao sol. Lendo a Biografia do King a gente fica sabendo que ele trabalhava numa lavanderia tendo seus livros recusados até conseguir ser publicado. Acho que o importante é não desistir, se você quer mesmo isto tem que lutar mesmo até conseguir.
    Beijos.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  3. Oi...
    Não conhecia a autora, mas gente....que texto incrível!
    É legal conhecer o pensamento, a opinião de um escritor.
    Adorei o post
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Denise, que bom que gostou do texto. Obrigada pelo carinho da sua opinião. Bjo

      Eliminar
  4. Antes de mais nada quero parabenizar o blog, pela iniciativa de esta dando ás nossas escritoras nacionais, a oportunidade de falar sobre suas dificuldades.
    Rebbeca Cruz, alem de excelente profissional, é também uma mulher incrível, e claro, amiga maravilhosa. Tenho a honra, e o prazer de conhecer seu livro SOB SEU DOMÍNIO, e reafirmo aqui o quanto sou apaixonada pela escrita dessa mulher. Não vejo a hora de ter mais história dela na minha estante.
    Sou seguidora assídua de suas redes sociais, e torcedora incondicional pelo seu sucesso. Parabéns minha rainha! Sua fã, amiga e torcedora incondicional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada minha amiga e parceira. Amo vc!!! Minha excelente amiga do coração.

      Eliminar
  5. Autora expôs um lado bem dificil de ser escritor no Brasil. Nunca vi os escritores como seres que sentam na frente do computador e a mágica acontece. Eu sei que quase todos tem uma profissão fixa pois viver da literatura é bem complicado.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderEliminar
  6. Oi. Adoro esses perfis de escritores. Conheço novos assim. :)

    Beijos, Thay.
    http://www.leitoranamoda.com

    ResponderEliminar
  7. Olá Silvania!
    Adorei o relato. Escrever é uma delicia mas é realmente muito dificil. Gostei muito de ler esse relato e conhecer um pouco mais sobre a vida de uma escritora.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - ÚLTIMA SEMANA! MEGA SORTEIO DE ANIVERSÁRIO! LANÇAMENTO STEPHEN KING + TIMOTHY ZAHN E RENATA VENTURA AUTOGRAFADOS!

    ResponderEliminar
  8. Oi Silvânia, eu já conhecia a autora mas ainda não li nenhuma de suas obras. Achei o texto perfeito!! concordo com ela em cada palavra. Muitos leitores acham que os escritores passam o dia no computador escrevendo ou que simplesmente sentam em qualquer momento e escrevem rápido. Não é bem assim, autores têm outras responsabilidades e geralmente as histórias não acontecem tão rápido, podem ter mil ideias, mas colocá-las no papel é que é difícil.

    ResponderEliminar
  9. Não conhecia essa autora, e como escritora também, concordo com ela em gênero número e grau. Estava ontem mesmo pensando em cancelar meu perfil no Wattpad e retirar todos os meus livros da plataforma, pois os leitores simplesmente não entendem. Eu trabalho, estudo, administro um blog e ainda tenho família para olhar, livros para ler e uma porção de coisas. Quando completei meu primeiro romance na plataforma e funcionou, me deixou muito feliz com a receptividade dos leitores acabei retirando os capítulos finais para poder me dedicar a revisá-lo e deixei um aviso enorme dizendo todos os motivos, nesse livro e nos outros que ficaram parados por um tempo sem atualização por conta do trabalho que anda muito corrido e tem me roubado o tempo da escrita... e os leitores acham um absurdo (mesmo vc dizendo que não tem tempo e que a coisa vai sair quando tiver de sair), acham que vc tem de ficar online 24h do dia respondendo um a um... caramba... é desanimador... eu mesma já to jogando a toalha, pois quando a gente libera o livro principalmente no Watt, não tem pretensão nenhuma de ganhar nada... só leitores e muitos deles são tão egoístas que é desanimador. Por essa razão estou pensando em parar de liberar meus livros gratuitamente lá e só lançar eles independentemente mesmo em outras plataformas.... Talvez pagando o povo pare de reclamar né? rss

    Raíssa Nantes

    ResponderEliminar
  10. Olá!

    Adorei esse perfil. A Rebecca foi sucinta ao descrever a situação dos escritores brasileiros, infelizmente aqui não dá pra viver de livros. O que é uma pena. Como muitos trabalham 8 horas diárias, e ainda tem uma segunda jornada (cuidar da casa ou estudar) realmente a escrita passa a ser um hobby.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Kamilla, que bom que gostou do texto. Obrigada pelo carinho da sua resposta. Bjo

      Eliminar
  11. Oi
    Tudo bom?
    Adorei a entrevista, a autora parece ser incrível.
    Vou dar uma olhada nas redes sociais dela e tentar acompanhar!
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Laura. Obrigada. Fico feliz que tenha gostado. Será bem vinda em meu perfil. Bjo

      Eliminar
  12. Não conhecia a autora e adorei a descrição dela. É verdade, ser escritor (e só escritor) no Brasil é uma tarefa quase impossível. Mas tudo vale à pena quando uma pessoa (uma só, não precisa ser uma multidão) lê algo seu e diz que gostou ou que seu texto teve um impacto sobre ela. Emocional, psicológico, social... Tanto faz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Bianca pelo carinho de sua resposta. Mas realmente vale à pena! Bjo

      Eliminar
  13. Oie!
    Realmente, para ser escritor, precisa ter a paixão para isso, pois as dificuldades do dia a dia tendem a desanimar. Como temos trabalho e ainda a família, o tempo para a escrita torna-se curto, onde acaba desanimando no meio do caminho. Por isso que sempre admiro todos os autores, pois não é fácil escrever um livro e publicar.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderEliminar
  14. Oi.
    Foi muito legal saber mais da vida de um escritor. Para mim vai ser muito bom conhecer a vida deles desde agora. Faço faculdade de Produção Editorial e o que mais vou ver quando estiver trabalhando, vai ser escritor. Nós conhecemos só o que lemos deles nas orelhas dos livros, mas tem muito mais para conhecer.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  15. Parabéns
    Vcs são guerreiras.
    Nada q vem fácil não damos valor.
    Por isso vcs batalham muito...

    ResponderEliminar
  16. Parabéns a vocês blogueiros que dão essa oportunidade aos nossos autores nacionais de falar o seu outro lado já que nós leitores só sabemos o nosso.termos conhecimento do que esses guerreiros passam para nos proporciona uma alegria imensa que é viajar em outros lugares e vivermos outras vidas através dos livros.Eu sou suspeita pra falar dessa autora maravilhosa que é a REBBECA Cruz autora da trilogia sob seu domínio sou fã assumida e eterna.Uma pessoa maravilhosa simpática que tem uma escrita profunda e instigante.Parabéns querida desejo muito sucesso e ansiosa pelos seus próximos lançamentos. TE ADOROOO

    ResponderEliminar
  17. Ola Sil ótima resposta da autora, acredito que não deva ser fácil se lançar como independente, devido a toda divulgação e custos, por outro lados temos as editoras que conseguem melhor divulgação e leva seu livro ao alcance de todos através das livrarias. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderEliminar
  18. Triste a realidade de nossos escritores! Rebeca é um doce, e sua obra é linda. Vale muito a pena se aventurar em seu livro. Amo demais. Parabéns pela entrevista!

    ResponderEliminar
  19. Olá,
    Parabenizar a iniciativa da entrevista e a entrevistada, ótimo texto, Rebecca.

    Hoje nós somos malabaristas nessa nossa área, nessa nossa segunda/primeira vida, segunda/primeira máscara.
    Viver o personagem é algo muito difícil quando se tem um trabalho de nove horas por dia, e faculdade, e bicos... Não digo "muito difícil" por n ocorrer, bem o contrário. Não acredito que exista escritor que não se emocione, se apegue e sofra com cada uma das suas personagens.
    A realidade, graças, está mudando... Aos pouquinhos, com mais blogs que chamem a atenção para autores nacionais, e com editoras que os respeitem, tomaremos nosso lugar no mercado. Quem sabe deixemos de ser malabaristas na vida e nos tornemos malabaristas apenas nas letras.


    GJA

    ResponderEliminar
  20. Oioi! Tudo bem?
    Nossa, que post bacana e esclarecedor.
    Algumas profissões são bem dificeis no Brasil e pra mim ser autor é uma delas.
    Os desafios sao diarios e infelizmente para publicar é bem caro ainda.
    Mas adorei saber mais sobre o trabalho do escritor.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderEliminar
  21. oie.
    Conhecer escritores é sempre muito bom, saber das dificuldades que esses belos profissionais passam no seu inicio ou até mesmo durante todo o processo é muito importante, pois nós é que damos o valor, nós leitores que mostramos com nossos interesses o amor pela obra de cada um.
    Achei muito legal saber da trajetória da autora e com certeza vou procurar saber mais.
    Ótima postagem.
    Beijos
    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  22. Que ideia bacana chamar autores para contar um pouco sobre a experiência deles como autores e as dificuldades do mercado editorial para os mesmos. Achei muito legal a visão da Rebecca e adorei seu texto. Ah, fiquei bem interessada em ler Sob o Seu Domínio!
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  23. Olá linda,

    Eu discordo quando as pessoas dizem que escrever é um dom. Primeiro porque somos forçados a escrever já que a escrita é um aprendizado social e não natural e que pode gerar muito constrangimento desde a caligrafia e modo de apresentar uma ideia ou sentimento aos demais e fazer o outro gostar do que você escreve é mais relativo ainda, porque depende de N fatores para esse resultado.
    Eu escrevo livros, mas dificilmente vou publica-los em editoras porque odeio BUROCRACIA e pressão editorial. Não sei sentar de forma forçada de frente para um computador e deixar a "inspiração" vim. Para mim a arte nunca foi Comercial, então por isso deve ser apreciada e não pressionada para ser vendida.

    Todo livro é parte do seu dono e deve ser concebido num tempo pessoal e não comercial.

    Por isso divulgo meus poemas, contos e afins de forma livre e pouco me importo se querem mais, porque não tenho vínculo editorial com ninguém. Porém admiro quem sabe lidar com toda pressão comercial e apelo dos "fãs".

    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  24. Silvânia e Rebecca, foi excelente essa ideia de vocês. Tanto o convite da blogueira quanto a resposta da autora.

    Felizmente tive o prazer de conhecer Rebecca e digo, é uma ótima pessoa e sua obra é uma delícia. Concordo com basicamente tudo o que ela falou. As pessoas realmente veem de forma fantasiosa a vida do autora brasileiro por tomar como base a do autor estrangeiro americano. Infelizmente, as duas realidades em nada se comparam.

    Parabéns pela sinceridade pela forma como se expressou.

    ResponderEliminar
  25. Olá Rebeca,
    Parabéns pelo texto. Você disse apenas verdades.
    É muito difícil ser escritor no Brasil, porque não temos o costume de valorizar o que temos aqui. Vejo grandes editoras com selos diferenciados para seus lançamentos. Isso, por um lado, é ótimo, mas, por outro, torna tudo seletivo.
    Além disso, muitos autores se desmontam em milhares de pedaços para fazer tudo o que precisam (trabalhar, cuidar de casa, dos filhos, escrever, divulgar, vender, pesquisar, enfim).
    Considero todos os escritores verdadeiros heróis.
    Parabéns pelo texto.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderEliminar
  26. Oiiie
    muito legal o post e saber das dificuldades de ser escrito aqui no Brasil, eu tenho sonho de escrever muitos livros mas sei como é difícil ter repercussão, mesmo assim, espero que a autora tenha muito sucesso pois o livro parece ser ótimo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  27. Adoro a Rebecca! uma pessoa linda, simpática e muito talentosa! Vem aí mais um livro! #ansiosa! <3
    http://praxeliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  28. Que texto ótimo! Creio que muito esclarecedor sobre o ofício do escritor, que é mesmo uma profissão muito idealizada. A autora mostrou bem todos os lados da profissão. Não a conhecia, mas gostei de saber um pouco sobre a sua visão. Adorei a ideia do post!

    Tatiana

    ResponderEliminar

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital