profiss

15 outubro 2015

Entrevista com a escritora Vanessa Martinelli Levandowski

Hoje o De tudo um pouco vai entrevistar uma escritora super especial, Vanessa Martinelli Levandowski, nossa mais recente parceira.
Autora de quatro livros publicados físicos e de outros contos na amazon, Vanessa fala sobre o sucesso da série Amigos Inimigos, de como iniciou sua carreira literária e de como foi ganhar o prêmio Saraiva, prêmio este que lhe rendeu a publicação do seu mais recente lançamento As crônicas de Fiorella.




 1- Como foi o seu primeiro contato com a literatura? Fale um pouco sobre a Vanessa leitora.


Sempre adorei ler, mesmo que só as figuras em um primeiro momento. Sou muito visual. Com o passar do tempo as letras fizeram sentido e eu me tornei uma devoradora de livros. Mas nunca me apeguei a autores ou obras em especial, sou muito desligada. Apenas ia lendo, lendo...


 2- Quando descobriu que queria seguir a carreira de escritora?

Não descobri. Acho que a carreira é que descobre você. Aquilo que é natural em você te leva a percorrer caminhos.

3- De onde vem á inspiração para as histórias?

De tudo. E as vezes simplesmente brota do nada.  Minha mente não para, meu processo de criação sempre é muito ativo, as ideias vem de forma fácil.
































4- Além de escritora, você é neuro psicóloga, fale um pouco sobre esta outra profissão e como concilia seu tempo entre as duas carreiras.

É uma correria, tenho jornada quintupla: mãe-dona-de-casa-neuropsicologa-escritora-ilustradora. Mas pra tudo tem um jeito. É só querer e se organizar. 
5- Você se inspira em alguém quando vai criar seus personagens?

Depende. Quase sempre é uma mistura de experiências e imaginação.  

6- Amigos-Inimigos é uma série que conquistou muitos leitores pela leitura agradável e pela personalidade dos personagens.
Quando teremos novos livros da turminha do barulho?

Não sei. Quando der vontade sento e escrevo o terceiro volume. Por enquanto estou encantada com outros personagens.  



 7- Você foi a vencedora do prêmio Saraiva, na categoria Infanto Juvenil, prêmio aliás que lhe rendeu a publicação do seu mais recente lançamento, As crônicas de Fiorella. Como foi pra você esta experiência?

Louca. Nunca imaginei ganhar um prêmio como esse. Ainda não imagino.  


 8- Quem você acredita ser um ícone da literatura nacional contemporânea?


Acho que não existe mais isso. Temos muitos autores por aí e muitas propostas diferentes. O céu é o limite.

9- Quando se é escritor você tem muito contato com leitores que admiram seu trabalho, mas sabemos também que há muitas criticas negativas, devido a exposição ao qual o autor esta sujeito.
Você já foi vitima de criticas negativas? Como reagiu a isto?

Sim, como todos. Normalmente vem de pessoas que não tem a idade do público do livro. Felizmente até hoje as críticas do público do livro mesmo foram boas. Mas recebo bem. Não sou um pote de nutella, não agrado todo mundo.  Ou de Bestella, como diria a Fiorella.




 10- As Crônicas de Fiorella acaba de ser lançado, mas sabemos que o autor finaliza um projeto vários outros na cabeça. Podemos esperar novidades para breve?

Estou com três livros em aberto e um em fase de término. E um livro em fase de ilustração. Nunca escrevi um livro só. Eu fico entediada rápido.  Se vão ser publicados não sei, mas isso nunca me impediu de escrever.

Obrigada pela entrevista! Foi um prazer bater com você.


O prazer foi meu! Beijos mil! :)

As Crônicas de Fiorella será lançado dia 17/10 na Livraria Curitiba, não perca!


Quer conhecer mais da autora? Acesses suas redes sociais:Facebook pessoal, Página de trabalho, Leia Amigos-Inimigos no wattpad.



Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...