20 maio 2015

Como ocorre o "efeito queda livre" na montanha russa?

Arquimedes já dizia:"Dê-me uma alavanca e um ponto de apoio,e eu moverei o mundo." Será que já pensamos em quais forças agem em circunstâncias diferentes,como a diferença entre estar apoiado ao chão,ou estar caindo?



Na 1ª situação a pessoa se sente segura, e na segunda se sente solta no espaço.
Comparemos as situações do ponto de vista da mecânica newtoniana.Uma pessoa em pé no chão tem duas interações:A interação gravitacional com a terra e a força de compressão trocada com o chão.Portanto há duas forças,a 1ª seria a força peso,e a 2ª a força normal.
Em um corpo em queda livre,a única força aplicada é o peso.
O que proporciona a segurança e equilíbrio é a força de compressão trocada com o apoio,ou seja,a normal.Se essa força desaparece,temos a sensação de queda livre.


Esse é o recurso utilizado numa montanha russa para assustar as pessoas. A rampa maior da montanha russa,aquela que nos deixa apavorados,tem o formato exatamente calculado para que a força normal(nesse local)seja nula. Isso provoca a sensação de queda livre,e por isso ficamos com medo.
Para conseguir esse efeito,há um trecho da rampa que o formato do trilho é exatamente igual à trajetória do carrinho em queda livre.Nesse trecho,não há interação entre o carrinho e o trilho,nem entre o carrinho e o passageiro.Tudo se passa como se o movimento fosse em queda livre.
No final da rampa, o trilho entra em ação novamente e a sensação de queda livre desaparece. Aí ocorre o contrário:para fazer a curva para cima,é necessária uma força de compressão muito grande.
Temos então a sensação de sermos esmagados contra o assento.

Texto por, Gustavo Pedrosa
Veja mais posts em : A fada mágica dos cálculos




COMENTE PELO BLOG!

2 comentários:

  1. Muito interessante a explicação de como tudo acontece...
    Tem muito tem que não vou em uma. Tenho muito medo de altura haha
    Amei o post!

    Apaixonada por Sonhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nunca fui, kkkkkkkkkkkkkk
      Andei numa tal de barca uma vez e quase morro..

      Eliminar

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital