SLIDE

24 janeiro 2015

Concursos de beleza e a constante necessidade de padronização.

     Um dos motivos por que nunca me interessei em acompanhar concursos de beleza é a falta de novidades: todos os anos, não importa quem esteja patrocinando o evento ou onde, jovens magras, de cabelos longos e escorridos e, geralmente, pele branca exibem a beleza que nos é empurrada como padrão a todo o momento. Infelizmente, o fenômeno da padronização faz com que a nossa lógica de julgamento fique completamente distorcida: ao contrário de recebermos a diversidade estética com a naturalidade intrínseca ao ser humano, apontamos qualquer pessoa com características que afrontem os padrões como destoante. 

     Possivelmente, poucos perceberam, mas o fato da candidata ao Garota Verão, Vanessa Braga, ter sido notícia pela internet afora é, justamente, parte do problema sobre o qual devemos refletir. Isso porque ela preenchia os requisitos de participação no concurso, e é uma jovem bonita como tantas outras que desfilaram. Mesmo assim, não faltaram críticos para ofendê-la nos comentários, alguns até mesmo se reservando o direito de opinar sobre sua saúde e hábitos alimentares. A verdade, no entanto, é que a ofensa não tem qualquer relação com preocupação genuína: todos sabem que é possível ser saudável e não vestir 36. A grande questão é que, apesar do bombardeio diário de reportagens sobre dietas, manequins, fotos de mulheres em boa forma, tudo embalado em um machismo internalizado difícil de perceber, algumas pessoas desafiam o sistema e tomam seu lugar de direito em uma sociedade que deveria ser, de fato, igualitária.

     
Ao contrário do que algumas pessoas dizem, não compartilho da opinião de que é "bom ter uma gordinha quebrando os padrões nos concursos de beleza". Primeiramente, acredito que o esforço para romper esses padrões é conjunto, e passa pelo cuidado de não enxergar na atitude dessa moça algo além da motivação normal de qualquer outra menina que se candidate. Afinal, Vanessa é como outras jovens de sua idade que quer experimentar o mundo e perceber-se inserida nele além das regras a respeito de numeração das roupas. Será que se não soubéssemos de cor tantas piadas sobre "gordinhas", não compartilhássemos imagens de calças jeans se abrindo na barriga e indicando uma dieta, não vivêssemos a falar sobre academias como se esses ambientes fossem paraísos de auto-realização, a presença de Vanessa seria negativamente notada no Garota Verão? 

     
Torço para que mais Vanessas se candidatem a concursos de beleza, mas não para incumbi-las da "missão" de quebrar padrões, mas, ao contrário, para nos mostrarem como nossas certezas sobre bonito e feio se alicerçam nas mais frágeis e falaciosas estruturas. 

Texto por Liziane Edler, do blog Licença para o imperfeito


COMENTE PELO BLOG!

6 comentários:

  1. Oii,
    Primeira vez que eu passo no blog e já estou adorando, estou encantada com o texto.
    Realmente a sociedade está cada vez mais decadente com esses pensamentos. Para mim não existe um padrão de beleza. Assim como você, eu também não tenho saco para ver esses cursos de beleza. Sempre a mesma coisa.
    Seguindo o blog!
    Beijos!

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio, Ana Lima!! Que bom que gostou do texto!

      Eu também escrevo nesse blog caso queira acompanhar: http://www.licencaparaoimperfeito.blogspot.com.br/

      Seguirei o seu blog também!

      Beijos!

      Eliminar
  2. Acho que ela não deveria "sofrer" por todo preconceito que ainda existe sobre estereótipos. O triste é saber que ainda vai demorar muito tempo até a cabeça/pensamento das pessoas começarem a mudar.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Monique! Mas acho que ela demonstrou segurança ao se inscrever e desfilar naturalmente... Agora só falta as pessoas pararem de se impressionar com isso como se fosse algo fora do comum.

      Se quiser acompanhar outros textos meus, é só acessar o meu blog: http://www.licencaparaoimperfeito.blogspot.com.br/

      Seguirei o seu blog também!

      Beijos!

      Eliminar
  3. Precisa que mais coisas sejam feitas para equilibrar a balança...mas cada vez mais as diferenças são aceitas...
    Bjos de fadas
    http://lulopesfada.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com certeza, Luiz Gustavo!

      Obrigada pelo comentário!

      Abraços!

      Eliminar

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital