profiss

26 novembro 2014

Entrevista com a escritora Juliana Daglio

E hoje vamos entrevistar uma estrela...ou melhor dizendo, vamos entrevistar uma Libélula!
Juliana Daglio, escritora que vem alçando vôos cada vez mais alto em  sua carreira, fala  sobre seus livros, projetos para 2015 e vida pessoal.
Vamos lá saber como pegar carona nas asas desta Libélula?

1- Conte- nos um pouco sobre você e quando decidiu ser escritora?


Eu sou um pouco “doida”. Hahahah... Minha cabeça é um turbilhão de coisas acontecendo todas ao mesmo tempo, então eu PRECISO escrever. 
Decidi que queria escrever ainda quando era pequena. Fui influenciada por contos de fadas, e pela Série Vagalume. 
Quando entrei na faculdade de Psicologia e comecei a estudar psicopatologias, principalmente a Depressão, senti que era hora de unir minhas ideias com as teorias e comecei a me aventurar na escrita de uma vez por todas.

2- Como surgiu a ideia do título do livro?

Antes do título final o livro se chamava “A Menina que Queria ser uma Libélula”. 
A questão da Libélula para mim era essencial, pois ela sempre funcionou como uma metáfora de tudo que eu enxergava na vida: beleza, transcendência, superação e liberdade. 
Depois de estudar bem o título, percebi que ele se aproximava muito de outros títulos do mercado, além de ser muito abrangente. Como a Canção que a Vanessa compôs quando pequena era uma das peças centrais da trama, inseri no título, dando assim a cartada final para o mesmo.

3- Trata-se de uma ficção, porém o assunto depressão é abordado com exímia, tratando da sua profissão, você inspirou-se em algum paciente?


Não. 
Jamais me inspirei em nenhum paciente, e acho que nunca o farei. Separo minha prática profissional em psicologia, da prática em clínica. 
Meus pacientes são sagrados, e meus personagens surgem de minhas percepções à cerca de sentimentos que eu tenho, e que percebo ao meu redor em pessoal da família, amigos e outros.

  4- Por que dividir o livro, Uma canção para a Libélula, em partes?

O original inicial era muito grande! 
A história passa por várias reviravoltas e compunha um conjunto de palavras que resultaria num livro de 800 páginas. 
A divisão foi para melhorar a fluidez do leitor, e preparar o coração de todos para a segunda parte da história.

5- Existe previsão para publicação da segunda parte da obra? E o que podemos esperar?

Abril de 2015!! Estamos quase lá!
Podemos esperar algumas respostas e o surgimento de novas questões. Assim como personagens que pareciam secundários que aparecerão mais e prometem conquistar o coração de vocês.

6- Como foi criar a história da Vanessa, protagonista da trama?


Foi sofrido e poético.
A Vanessa é uma parte de mim que ficou guardada por anos. Somos tão diferentes na maior parte das coisas, mas temos coisas em comum que me fizeram sentir sendo transcrita nas minhas palavras. A Vanessa agora é minha melhor amiga, e tenho por ela um carinho tão grande que a sinto como se fosse real, como se pudesse falar mesmo com ela.

7- Surgirá um Romance na continuação do livro?

Hmmmm suspenseee!!! Olha, se eu contar, meu editor me mata! HaUHAUhauHU
Mas podem esperar o surgimento de um personagem muito impactante, que pode abalar o coração das moças.


8- Como é a juliana no dia a dia?



Uma menina elétrica, com certos picos de silêncio obrigatório. Tem horror a tédio, então está sempre fazendo alguma coisa, principalmente lendo. Gosta de estar entre as pessoas que ama, e demonstra carinho com transparência. Procura sempre manter otimismo, ainda que às vezes isso seja um desafio. Pessoa inclinada a dormir tarde, pois a madrugada é a melhor amiga das ideias, e dialogar com seus personagens é o passatempo favorito.

9- Você está escrevendo O Lago negro, seu segundo livro, fale nos um pouco sobre ele..

O Lago Negro é a história de Verônica Cattani, uma garota de 20 anos que vive na luta para se manter sã. 
Ciumenta, intensa e muito criativa, ela vive a vida procurando seu lugar no mundo. Como Vanessa tem um passado obscuro e quando se muda para uma cidade interiorana para cursar Jornalismo, se vê envolvida numa trama misteriosa quando passa a escrever um livro, ao mesmo tempo em que é convidada a cuidar de um bebezinho muito peculiar. Lizandra, uma criança que nunca chora.

 10- Deixe uma mensagem para os leitores do blog que tenham interesse em ler seu livro...

Eu fico imensamente feliz somente com a oportunidade de falar com pouquinho com vocês! É uma honra estar aqui, pois também sou blogueira e sei o quanto esse grupo tem colaborado para a literatura nacional. Amo demaaaais meus blogueiros amigos. :D
E quem se interessar pela obra, quero dizer que pode ter certeza que estará adquirindo algo escrito com todo o coração e alma de uma escritora que quer passar uma mensagem de vida, amor e liberdade. Gostaria de tocar o coração das pessoas, e mesmo se não conseguir, serei grata pela oportunidade.



Rapidinha:

1 música:  Fix You (Coldplay)

1 Livro de cabeceira:  A Menina que Roubava Livros

1 Citação: “Ainda que eu ande pelo vale da Sombra da Morte, não temerei mal algum, pois Tú estás comigo.” Salmo 23

1 Sonho:  BestSeller Nacional!! 


Encontre a autora nas redes sociais. 







2 comentários:

  1. Amei o blog.
    Não conhecia o livro nem a autora, achei bem interessante. fiquei a fim de ler. mas confesso que nunca leio livros de continuação, pois sou ansiosa. só se já estiver completo.

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mivha, é uma linda a Ju néh? Eu tbm tinha esta cisma sabe? Mas de uns tempos pra cá perdi o medo e estou lendo...a ansiedade que dá depois é bom que nos faz apreciar ainda mais o livro.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...