SLIDE

07 setembro 2013

Resenha do livro Réquiem para um assassino

A nossa parceira  Editora  Bussola, mandou um livro pra resenha.
E o escolhido por mim foi, Réquiem para um assassino de Paulo Levy.


SINOPSE

Parecia uma manhã como outra qualquer na pequena Palmyra, uma cidade histórica no litoral do Rio de Janeiro. A caminho do trabalho, o delegado Joaquim Dornelas se espanta com um movimento incomum nas ruas. Diante da Igreja de Santa Teresa e da Antiga Cadeia, no Centro Histórico, uma multidão observa o corpo de um homem atolado na lama seca do canal. Ninguém sabe como o corpo foi parar lá. Não há sinais de arrasto, marcas de barco, violência, ferimentos, nada. Apenas um band-aid na dobra interna do braço esquerdo. Abandonado pela mulher e longe dos filhos, o delegado Dornelas, um tipo humano, amante de cachaça e de mingau de farinha láctea, se envolve de corpo e alma no caso em busca de salvação. Sem aviso, a irmã do morto e um vereador poderoso aparecem para dar informações importantes sobre o que se tornaria um caso de dimensões bem maiores do que Dornelas poderia imaginar. Aos poucos se revela uma complexa teia de interesses envolvendo a política, o tráfico de drogas, a prostituição e a comunidade local de pescadores. A intuição aguçada, a cultura e o conhecimento das forças que movem a natureza humana permitem ao delegado Joaquim Dornelas se mover habilmente pelo emaranhado de fatos e versões que a trama apresenta. O que a princípio seria mais uma investigação na sua carreira, se torna para o delegado uma jornada de transformação pessoal.
SOBRE O AUTOR  


Antes de entrar no meio editorial, em 2001, com uma empresa de livros digitais, Paulo Levy foi ex uma porção de coisas: profissional de squash, redator publicitário, dono de agência e até de bar no litoral de São Paulo.

Em seguida trabalhou com livros na editora Objetiva e com revista na editora Horizonte.

Em 2011 lançou-se como escritor. Seu livro de estreia, Réquiem para um assassino, assim como Morte na Flip, são ambos publicados pela Bússola.


MINHA OPINIÃO



Em uma linguagem prática Paulo Levy mostra o quão devastador pode ser o uso das drogas e a má política.
O livro tem uma linguagem bem clara, objetiva e popular,  um suspense que prende o leitor até a ultima página.
Dá vontade de não largar mais.
Réquiem para um assassino nos alerta dos riscos que corremos ao nos envolvermos com as drogas, mostra o quanto a policia está mal equipada em comparação com os bandidos e o quanto é triste a situação de quem mora nas áreas menos favorecidas do país.
Fico muito feliz por saber que o Brasil está cada dia mais se superando na literatura, com escritores tão bons que não perdem em nada para os grandes escritores internacionais.
Já estou mega ansiosa para ler os outros livros da Editora, especialmente Morte na Flip, pois me encantei com o delegado Joaquim Dornelas.
E Detalhe, o livro veio autografado...rsrsrs
A foto que tirei do autografo ficou ruim, mas quando postar outra resenha dos livros da Editora, colocarei.
Super indico o livro.





COMENTE PELO BLOG!

18 comentários:

  1. Adoorei! Muito boa a resenha!!! *-* Nunca havia lido esse livro, mas me interessei!Bjos

    naylanaomi.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nayla é ótimo!
      Eu me surpreendi muito com o desenrolar da historia. O autor coloca muito bem os pontos mais necessários para debate, como drogas, política, corrupção.
      Eu gostei muito e super indico o livro.

      Eliminar
  2. Amei a resenha, super curiosa para ler :D
    Já estou seguindo aqui, passa lá e se puder me segue tbm http://www.blzalternativa.com/

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou Rita! Fico super feliz...

      Vou sim conhecer seu cantinho, bjs.

      Eliminar
  3. oi flor adorei seu blog . Tem bastante conteudo parabens e sucesso.bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Simone, fico super feliz que tenha gostado!

      Eliminar
    2. uau, nunca tinha visto esse livro, mas pela resenha ele parece ser bom, vou ver se consigo ele pra mim ler *-*

      bjs
      http://i-needtofeel.blogspot.com.br/

      Eliminar
    3. Leia sim Alessandra é muito bom mesmo e depois me diga o que achou!

      Bjs.

      Eliminar
  4. Já tinha ouvido falar deste livro e agora com a sua resenha me interessei bastante por conhece-lo. Gosto muito de conhecer os livros de escritores nacionais.
    Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nossa que bom que você ficou interessado pelo livro depois da minha resenha, é realmente muito bom, garanto que você não vai se arrepender de ler.
      Também gosto de conhecer autores nacionais especialmente por que vejo o quanto estamos sendo bem representados com escritores que nada deixam a desejar aos estrangeiros.
      Leia o livro e me diga o que achou.

      Abraços e seja bem vindo sempre.

      Eliminar
  5. eu que adoro ler, fiquei curiosa, espero logo achar ele aqui na cidade que moro
    bjs

    ps: o blog ta lindo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tomara que você encontre flor, mas se não achar na sua cidade você pode comprar pela net, no site da editora Bússola, eles entregam em qualquer lugar do país.

      Obrigada!

      Bjs.

      Eliminar
  6. Demostrou ser um livro de atualidades,tem um aspecto jornalistico bjs
    http://www.simonebastos2007.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Super atual Simone e realmente tem um apegada jornalística, rsrs.
      Se você ler, vai adorar!

      Eliminar
  7. Eu gosto muito de ver resenhas de livros nacionais e você escreve muito bem, descreve bem e de forma simples o livro, achei muito interessante.
    bjos *-*

    http://historiaspossiveis.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nossa obrigada Daniele, fico super feliz que tenha gostado da resenha.
      Ainda estou começando e os elogios aumentam meu animo para continuar.

      Bj e obrigada pela visita!

      Eliminar
  8. Depois de "Morte na Flip" estou morrendo de vontade de ouvir mais uma história do Dornelas. Cara, ele é demais!
    Amei sua resenha, o Paulo é um grande autor.
    Como eu disse, queria sentir o gostinho desse livro haha

    Beijão
    http://www.cappuccinoebobagens.com

    ResponderEliminar
  9. Bruna, é demais né? Eu fiquei impressionada com a qualidade dos livros, todos de excelente qualidade, ele escreve bem demais.

    ResponderEliminar

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital