SLIDE

05 junho 2013

Sexo: 5 mitos sobre a hora H

Quando o assunto é sexo, o que mais escutamos são teorias. Basta sentar em uma roda de amigos que a conversa vem à tona, no entanto, o difícil mesmo é saber o que é ou não real.

Mas, cá entre nós, n a hora H, é tudo bem diferente do que é falado por aí. De acordo com a escritora e especialista em sexo , Tracey Cox, grande parte dessas hipóteses deve ser reavaliada.
Para isso, ela listou em seu blog no site do jornal Daily Mail os mitos mais comuns na hora do sexo e dá alguns conselhos sobre o que fazer quando você se deparar com tais situações.
Dá só uma olhada!

Lingerie sexy não é Viagra - se a sua vida sexual está em banho-maria, pode ter certeza que por mais sexy que a lingerie seja, o que ela pode até ajudar o seu parceiro a perceber que você está se esforçando para seduzi-lo. No entanto, não é uma peça de roupa íntima que irá salvar seu relacionamento ou aumentar a sua libido.

Prazer marcado na agenda - Ok, reservar um dia ou outro para dar mais atenção ao parceiro é uma coisa. Mas não dá para marcar horário para a transa. Tenha sempre em mente que sexo é desejo e não planejamento. Por isso, se você está querendo esquentar o clima, opte por táticas mais discretas. Ao invés de avisar que marcou uma viagem, por exemplo, passe no final do expediente para pegar o gato e fale que preparou uma ‘coisa especial’ para ele, vende-o e leve-o para o Motel. Aposto que ele vai adorar a surpresa!

Esgote o tempo regulamentar - Pesquisas afirmam que as mulheres levem em média 20 minutos para atingirem o orgasmo, contando com o ato sexual com constantes estimulações do clitóris. Antes de deixar o parceiro preocupado com o tempo do ato, saiba que esse número, apesar de ser apontado em estudos científicos, é só um mito. O tempo para a mulher chegar ao clímax pode variar de 1 a 40 minutos, dependendo de caso para caso. Sem falar que definir um tempo, seja ele mínimo ou máximo, desmotiva qualquer casal.


Detetives do sexo - Para as mulheres que acreditam que os homens possuem um radar que os avisa quando você está fingindo o orgasmo, pode respirar aliviada. Quando a mulher está para chegar lá não existe contração vaginal, coração disparado ou veia saltada que garanta que o gozo aconteceu de fato.

Para atiçar a brasa - Os homens são extremamente instintivos e adoram ser provocados. Para aumentar a libido do gato vale usar vendas nos olhos, usar óleos de massagem corporal, balas de menta ou pedrinhas de gelo para apimentar o sexo oral. O que importa não é a escolha, mas que o tempo de duração do sexo será prolongado e, consequentemente, o prazer.

Por Paula Perdiz
Fonte do texto: Vila Mulher

COMENTE PELO BLOG!

6 comentários:

  1. O Blog está lindo, amiga! E esses assuntos de sexo muito me interessam rsrs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino Paulinha, rsrsrs.

      Obrigada pelo carinho com o blog sempre flor! Bjs e ainda esperando sua volta hein!!!

      Eliminar
  2. Interessante!!

    A parte da lingerie não ser viagra eu discordo,o negócio funciona muito bem,hahahah!!

    bjos querida!

    http://caprichoebeleza.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade Thays...uma bela lingerie faz milagres.....

      Bjs...

      Eliminar

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital