SLIDE

19 fevereiro 2018

Estética: curso técnico ou bacharelado?

Mesmo em momentos de crise as pessoas não deixam de se cuidar, fazendo com que o mercado fica aquecido.
A beleza é uma das áreas que mais movimenta a economia. Mesmo em momentos de crise as pessoas não deixam de se cuidar, fazendo com que o mercado fica aquecido.  Os avanços na área da tecnologia também com que se amplie os tratamentos na área da beleza. Um bom profissional precisa se qualificar para garantir seu lugar, já que a concorrência é ampla, e a partir daí surge à dúvida, entre cursos técnicos em estética ou faculdade na área. Em ambas as opções o foco está associado a saúde e bem estar.



Dentro desse meio, pode-se optar por montar uma clínica de estética, trabalhar em SPAs, salão de beleza, clínicas, academias, indústrias etc. Quando aos serviços prestados, existem diversas opções como aplicação de produtos cosméticos, massagem, hidratação, depilação e limpeza de pele. Também se pode atuar em consultórios médicos, com tratamentos preventivos e acompanhamentos pós-cirúrgicos dos pacientes.

Mas afinal, quais são as diferenças entre fazer um curso técnico ou faculdade de estética?


Blogger Widgets

17 janeiro 2018

Geekgames séries. O que há de novo?

 GOT, undertale, LOTR, naruto, Marvel x DC ...O mundo Geekgame séries é muito completo em se tratando de conteúdo. E se engana muito quem pensa que todo apreciador dessa cultura tem os mesmos gostos e é atraído pelo mesmo tipo de contexto. Discussões como LOTR>GOT podem gerar catástrofes capazes de destruir a Terra Média, ou Westeros, se você preferir.  E a guerra Marvel x DC é um excelente exemplo da gravidade da situação. Sério, não ouse dizer de que lado você está nessa batalha, antes de saber se os amigos que te cercam vestem a mesma camisa.



A cena geek atual engloba o cenário nerd clássico, com as geek games séries que fazem tanto sucesso agora quanto fizeram nos anos noventa, oitenta, setenta e antes ainda. E pode parecer um mar de mesmice para quem vê o cenário de fora. Mas essa mistura gera um mercado ainda mais diverso e inspira novos artistas e admiradores á criar derivados de suas histórias clássicas, como o Castelvania que virou série da Netflix, *muito boa por sinal, pode assistir*. E o Death Note, animação que já é um clássico da cultura geeke que agora se tornou filme, *veja por sua conta e risco*.

 E a principal vantagem da mistura geek games séries é que conforme a era digital avança e evolui em qualidade, surgem mais e mais oportunidades de ver os seus heróis e personagens em ação em mídias diferentes das originais. Thor, Logan, Kira, Punho de Ferro e Arlequina ganharam novos ares, novos fãs e não há nada de errado nisso. Afinal de contas, o que há de novo realmente na cultura geek é a galera. Gente nova que vem de todas as partes descobrindo histórias de excelente qualidade, e buscando ou não a origem delas.

O importante no mundo geek games séries é se identificar com esses personagens e criar novidades. Se inspirar em suas causas e na complexidade de suas motivações, e claro, sempre dá para lançar um hadouken se alguém discordar que a Marvel é bem melhor que a DC.
Ops.



Gostou? Curta a página para não perder nenhuma novidade!

Blogger Widgets

15 janeiro 2018

Como Divulgar Livros

Escrever um livro pra quem está de fora parece muito fácil né?
O mundo da literatura parece um poço de encantos e magias onde tudo é perfeito!
Mas para o escritor que tem todo um trabalho por trás daquela obra, não é fácil...revisão, diagramação, revisão, copidesque, registro, revisão, leituras críticas, revisão, parcerias...eu já disse revisão?
Bom, o autor faz todo este trabalho maravilhoso #sqn, mas por mais perfeito que seu livro esteja, se ele não tiver uma boa divulgação, vai acabar sendo só mais um entre tantos outros.
Por isso, trouxe hoje umas dicas super legais de como divulgar seu livro, sem que isso se torne chato para seu leitor.


1 Não compartilhe seu banner com imagens de “COMPRE” ”LEIA” ”CONHEÇA”.

Essa pode parecer uma ideia boa, mas tem uma razão pra você não ver grandes editoras fazendo isso. E a razão é simples: Isso não funciona.
Pessoas não gostam de propaganda que parecem propaganda. Sua divulgação precisa ser despretensiosa, e acima de tudo ÙTIL.
Sim, torne a sua divulgação útil para as pessoas. Faça com que elas QUEIRAM compartilhar o seu banner por algum motivo. Ou porque tem uma piada muito engraçada em forma de meme. Ou porque tem uma informação que elas não viram em outro lugar.
Quando as pessoas gostam da sua divulgação, elas divulgam por você gratuitamente através do compartilhamento.

2 Faça um título certeiro.

Vai ser difícil vender o seu livro se ele tiver um título muito genérico como:“Sedução”, “amor” e etc.Tente segmentar o seu público através do seu título e assim você vai ser encontrado mais facilmente. Quer ver um exemplo legal? :“Garoto encontra Garota” esse título aparece muito facilmente em buscas sobre livros juvenis o que é muito melhor do que um título genérico que não vai aparecer pra ninguém e não vai dizer nada num primeiro momento.

3 Não compartilhe em grupos de escritores.

A menos que o seu livro tenha dicas e conselhos sobre escrita não vai adiantar muito compartilhar o seu banner num grupo onde todo mundo só está interessado em compartilhar o próprio banner. Compartilhe em grupos de LEITORES.

4- Fale como quem não quer nada

No seu banner fale apenas do livro, o que ele traz para o leitor. Se é legal e rápido de ler, se tem partes engraçadas ou se aborda uma discussão importante. Na legenda use o link de compra e uma frase como “Eu li e adorei,” ou “comprei esse livro e não pensei que seria tão legal”. Esse tipo de divulgação despretensiosa é muito mais atraente do que “COMPRE AGORA NESSE SITE MEGA RÁPIDO E INFALÍVEL E BARATO E EXPLOSIVO E MODERNO E etc etc ....”.

5- Escolha cores leves

Se possível deixe o banner e a capa do seu livro em cores alegres e positivas. Muito preto, azul escuro, e tons de roxo escuro podem transmitir a sensação de negatividade que vai fazer o seu possível leitor continuar rolando o Feed sem nem ler o seu banner.

6 A fonte

A fonte precisa ser LEGÍVEL. Sério, muito legível mesmo. Nada de Itálico para fontes já em arabesco e também nada de fontes em cima de desenhos muito coloridos. É importante ser lido facilmente e colocar poucas palavras para não gerar confusão.
Se possível faça o seu banner de divulgação em forma de meme. Imagem no centro, palavras nas bordas superior e inferior.
Busque mais dicas sobre marketing de conteúdo e marketing para escritores e ponha essas dicas em prática. 
E claro, se você tiver alguma dica legal que escapou dessa listinha conte pra gente nos comentários.
Quer dicas e postagens exclusivas? Siga nossa página, curta nosso Instagram.


Em breve, traremos mais dicas sobre marketing literário para vocês.



Blogger Widgets

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital