profiss

19 maio 2016

Profissão Escritor, Michel Duarte


Gostaria de dizer coisas boas e incentivadoras para quem deseja percorrer a trilha que eu escolhi trilhar, dizer que é como andar sobre a areia fofa da praia; tranquilo e reconfortante, mas não.
Eis a verdade: ser escritor é uma tarefa árdua.
Não pelo ato de escrever, que, ainda que seja de verdadeiro regozijo, exige trabalho e dedicação, mas pelo que vem depois do escrever.



Ser escritor é encarar um mercado apertado, com um público pequenino e, por mais incrível que pareça, com mais oferta que demanda.
Ser escritor nacional é encarar dezenas de pretensos escritores, que nunca deram a chance para um livro nacional, mas sonham em se tornarem grandes Best Sellers.
Ser escritor é difícil. É muitas vezes se matar para divulgar seu trabalho, passar horas conversando com leitores (que por mais prazeroso que seja toma bastante do tempo livre do escritor – que sacrifica outros afazeres e necessidades), decidindo entre a forca e a fogueira que é o contraponto entre a publicação independente e os valores caríssimos (embora até compreensíveis em razão de como o mercado é concorrido) de uma publicação em uma editora com um mínimo de visibilidade.Ser escritor é uma lição de vida, é aprender a errar e reconhecer seus erros, é aprender a ouvir, aprender a aceitar que  nem todos irão gostar daquilo que você redige.
Ser escritor é aprender a ser humilde, aceitar as críticas que lhe são tecidas, filtrando as construtivas e com isso melhorar seu texto.
Ser escritor é, também, felicidade. 

12 maio 2016

Dica de Leitura: Adultério - Paulo Coelho.

Título: Adultério.
Autor: Paulo Coelho.
Ano: 2014
Páginas: 240
Gênero: Romance
Editora: Sextante.


Sinopse: Minha tristeza se tornou rotina, ninguém percebe mais. Não consigo mais dormir direito. Sinto-me egoísta. Continuo tentando impressionar as pessoas como se ainda fosse criança. Choro sozinha e sem motivo no banho. Só fiz amor com vontade mesmo uma vez em muitos meses - e você sabe bem de que dia estou falando. Já considerei que tudo isso seja um rito de passagem, consequência de eu ter passado dos 30 anos, mas essa explicação não basta. Sinto que estou desperdiçando minha vida, que um dia vou olhar pra trás e me arrepender de tudo o que fiz. Menos de ter me casado com você e ter tido nossos filhos.
- Mas isso não é o mais importante?
Para muitas pessoas, sim. Mas para mim não é o suficiente.


Olá amigos leitores! Como vocês estão?
Quanto falta eu senti de estar aqui com vocês,  falando sobre meu assunto preferido e acredito que de muitos de vocês também: LIVROS!
Estive sem tempo, mas agora estou de volta, de leve devido à correria da vida, porém sempre por aqui, alimentando esse gosto, hobby, hábito que é a leitura.
Marcando minha volta, falarei sobre um livro que me desafiei a ler, pois se trata de uma leitura que considero simples e monótona, porém sempre parto do princípio de que um livro sempre tem algo a ensinar mesmo que seja a não lê-lo (rsrsrs), o que não é o caso deste.

02 maio 2016

Dicas para manter os dentes em dia com a saúde

Não basta ter um bom porte físico, estar sempre na moda, um emprego bacana e pensar que está tudo bem com a saúde, bem, pode até estar, pelo menos é o que esperamos e desejamos para nós e para todos, mas a realidade é que a prevenção das doenças é cada vez mais motivada por todos os profissionais de saúde, incluindo os que cuidam da cuca.



A falta de tempo é sempre uma das maiores reclamações quando o assunto é marcar consulta com o médico e o dentista para fazer os exames de rotina, o que é muito importante mesmo quando a pessoa está bem, sem apresentar nenhum tipo de dor ou outras queixas.
Como tem sempre sido uma frase repetida entre os dentistas; “A saúde começa pela boca” é um fato, tanto que os demais profissionais como nutricionistas e médicos também reforçam o coro com essa afirmação.



No caso do dentista, a saúde bucal é muito importante para os órgãos, não se limita apenas ao tratamento estético que, aliás, é necessário para que o indivíduo possa se sentir bem na hora de sorrir.
Cuidar bem dos dentes basicamente se começa em casa com uma boa escovação, a limpeza diária é necessária para evitar acúmulos de resíduos de alimentos na boca que com o tempo formam placa bacteriana e cárie entre outros danos.
Uma boa higiene bucal pode evitar muitos problemas decorrentes da falta de atenção, por isso, tenha o hábito de escovar os dentes sempre após as refeições, no mínimo três vezes por dia, faça da escova e do fio dental seus aliados. Muitas vezes, com tanta correria no dia a dia, pode dar um pouco de preguiça de passar o fio dental e fazer a escovação recomendada, só que definitivamente não deve deixar isso acontecer.
Evite fazer outras coisas quando estiver escovando os dentes, primeiro porque é um pouco arriscado, ao se distrair pode empregar mais força e ferir a gengiva. Faça disso um ato único, relaxe e procure não ter pressa nem ficar povoando a mente com preocupações, sabe o resultado, irá relaxar um pouco.
Escove a língua, algumas escovas são fabricadas com parte exclusiva para a limpeza da língua e
cerdas para os cantos.
Consulte o dentista regularmente. Não fique adiando a consulta, é preciso que o profissional faça avaliação para verificar se há alguma alteração, mesmo que aparentemente esteja tudo bem.
Sabia que existe cárie de raiz? Pois é, você não vê, mas o profissional saberá identificar, caso tenha.






01 maio 2016

Resenha Sereia de Vidro, Marcelo Antinori

Há um ditado que diz, "Nos menores frascos estão os melhores perfumes" e eu vou reformular aqui "Nos menores livros estão os melhores conteúdos!
Por quê eu digo isso?
Por que depois de me encantar com Segredos Sombrios, é a vez de Sereia de Vidro, do escritor Marcelo Antinori também em versão pocket conquistar meu coração de leitora apaixonada.

Sinopse:

Um escritor frustrado sofrendo de bloqueio criativo resolve, por indicação de alguns amigos, fazer uma leitura de Tarô num convento em São Paulo. As cartas, mais do que meros símbolos, passam a indicar caminhos e personagens que ele até então desconhece.
Movido por uma curiosidade insaciável, e genro de um poderoso empresário paulista, ele embrenha-se num universo novo e desconhecido, tendo o centro de São Paulo e seus locais pitorescos como pano de fundo.
Através de um texto ágil e preciso, ele logo vê-se envolvido numa teia de acontecimentos inusitados na companhia de uma mulher linda e misteriosa que o leva ao crime organizado, a corrupção e as mais altas esferas do poder. Sereia de Vidro é o primeiro volume da Coleção Sereia de Vidro, escrito com maestria por Marcelo Antinori. Sereia de Vidro é o título escolhido para lançar os novos selos da editora Bússola nos formatos impresso e digital.



"Algumas vezes as cartas indicam caminhos. O que podemos fazer é escolher o que nos parece melhor: Outras vezes as cartas trazem um alerta. Ana é a Dama de Paus e o Rei de Espadas é a grande ameaça.
Isso não é uma opção: É um aviso.
Gostem ou não, vocês terão de enfrentá-los. Vi isso nas suas cartas e vi também nas cartas dela. Ana corre grande perigo e, se você não enfrentar e vencer o Rei de Espadas ela pode morrer"


A trama começa em um convento, onde um escritor com bloqueio criativo, resolve buscar respostas para sua frustração no tarô, após indicação de amigos.
As cartas que a madre colocam, não apenas mostram caminhos obscuros pelos quais o escritor terá de passar, mas também mostra que se as batalhas travadas neste caminho não forem vencidas, ele e aqueles a quem ama poderá morrer.
Quando voltando para casa, o escritor conhece e se envolve com a misteriosa Ana Pérsia, ele não imagina que a "dama de Paus", revelada pelas cartas do tarô, pode aparecer sobre a face mais doce e sensual que se pode imaginar. Frustado e sem ânimo, acaba se envolvendo com a moça, e acredita que nunca mais a verá, até o dia em que ela liga desesperada precisando de ajuda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...