SLIDE

11 novembro 2017

Swing - A troca de casais

Você sabe o que é Swing?
Muita gente acredita que swing é qualquer prática sexual que fuja do convencional, que envolva brinquedos, ou terceiros, e tem até quem confunda Swing com bondage. Mas o mais correto é afirmar que o Swing é puramente a pratica de promover a troca de casais, que pode ser feita de forma total ou parcialmente.



Como assim?
Bem, imagine dois casais participando de um swing. Isso quer dizer que as mulheres podem literalmente trocar de parceiros, o que caracteriza troca total. Ou elas podem interagir entre si, enquanto que seus parceiros participam da relação apenas como voyers ou seja, observando. O que se classifica o swing como de troca parcial. E há também as modalidades hard e soft, que distinguem as praticas sexuais que envolvem outras fantasias, ou puramente a troca.
Mas o Swing não se limita apenas á troca de casais, e é por isso que muita gente confunde a definição do termo. Afinal, na casa de swing, por exemplo, as fantasias são as mais diversas, e as possibilidades podem ser ainda mais quentes.


A casa de swing




Elas são muitas, e estão espalhadas por todo o Brasil. A cada ano o públicoswinger aumenta, e isso significa melhorias nas estruturas das casas, altos padrões de qualidade e assessoria completa para os novos visitantes.
Mas ainda assim, quando um desavisado visita uma casa de swing, percebe que a princípio se trata de uma boate comum. Com tudo o que se pode esperar de um lugar para curtir a noite. Com bar, palco para shows,Dj , pole dance...
Mas é só mergulhar um pouco mais nesse ambiente descontraído e dançante, para perceber que lá dentro, outros corredores e salas sugestivas, levam o visitante para uma atmosfera muito mais misteriosa e sensual. E é dentro dessas salas privadas que a o swing realmente acontece, e se você pensa que lá só há espaço para a troca de casais, bom, talvez seja melhor pensar de novo.

O Swing e o fetishe andam de mãos dadas.




Na parte reservada das casas de swing existe um corredor repleto de saletas individuais que compõe o setor conhecido como: Labirinto.
Esse espaço é diferente em cada casa. Mas em suma, o labirinto é um corredor escuro, sinuoso e por trás de cada porta, revela uma infinidade de ambientes com decorações mais diversas, propícios para os mais ousados tipos de fetishes.
É no labirinto que o casal decide que tipo de modalidade de fantasia deseja praticar. Há salas para ficar sozinhos curtindo fantasias á dois. Salas com escotilhas para quem gosta de platéia, ou para quem prefere somente observar. Também tem salas coletivas para compartilhar fantasias em grupo maiores, e até salas de cinema, onde as camas substituem as poltronas, enquanto filmes picantes são transmitidos nas telonas.
E é claro, há também os preferidos e já clássicos, ambientes blackout, onde o que acontece lá dentro, sequer é visto por quem participa, o que aumenta o segredo e estimula todos os sentidos.

O swing e o casamento


Dentro da casa de swing nada é condenável e a imaginação pode ganhar forma sem sofrer os julgamentos que a moral obriga aqui, no mundo exterior.
Por isso, especialistas afirmam que os casais que compartilham de experiências sexuais ousadas, como as que as casas de swing propõem, acabam levando mais prazer e harmonia ao relacionamento. Que por isso,pode durar muito mais tempo.
Afinal de contas, as fantasias realizadas a dois, na casa de swing, somam como atrativos a mais para aumentar a sensação de cumplicidade do casal. E o mundo do swing inspira esses casais a irem cada vez mais longe, se conhecendo mutuamente, e trabalhando juntos pela satisfação um do outro. 
Por exemplo: Todo o casal que participa de swing recebe um codinome. Um apelido que os identifica dentro da casa. Esse sistema ajuda a aumentar o sentimento de união,que transpassa os limites do sexo e ganha espaço no relacionamento. O que muitas vezes pode tornar o casamento mais sólido, e a relação mais leve e interessante. Os apelidos são os mais variados possíveis, divertidos, ousados, e só podem ser usados ali, dentro da casa de swing.

Quem são os Swingers?



Blogger Widgets

07 novembro 2017

O uso das plataformas de streaming para estudo

Com o crescimento das plataformas para vídeo aula e filmes, estudar tem sido mais prazeroso
As plataformas de streaming estão ganhando cada vez mais usuários, e muitos as utilizam para estudar e evoluir na área de atuação de uma forma mais prazerosa ou até mesmo como um hobby. Existem inúmeras vantagens em obter ainda mais conhecimento por meio de vídeo aula, ou filmes. O poder de escolha é maior, assim como a flexibilidade e concentração.
As pessoas que mais utilizam essas plataformas para estudos são as concurseiras, acadêmicos e alunos que querem ingressar em uma universidade. Vídeo aulas são ótimas ferramentas para quem estuda online, em comparação com cursinhos presencias elas não ficam atrás em nada, pois muitos sites disponibilizam ou vendem as aulas e contam com serviços para contato direto com o professor.
Há quem prefira estudar pelo bom e velho livro, ou por PDFs, mas a grande vantagem de assistir uma vídeo aula é a didática, por esse meio é possível usar o sentido da visão e da audição, o que torna a compreensão ainda mais fácil. E pelo computador é possível voltar e rever o que não foi captado, o que não ocorre em aulas presenciais.

A Netflix é a plataforma de streaming mais conhecida e utilizada no mundo todo, e também serve de inspiração para a criação de plataformas voltadas para a educação, como no caso do MECflix. O serviço é do Ministério da Educação e faz parte do projeto “Hora do Enem”, criado para auxiliar os estudantes de todo o Brasil.
A ideia é democratizar o acesso à conteúdos voltados para a educação, oferecer notícias e dicas sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Dentro da plataforma, o MECFlix é acessado por um aplicativo, onde o estudante pode se cadastrar e ter acesso a diversos tópicos relevantes que podem ser pesquisados por Tags. No exterior já existem serviços como esse voltado para a educação.

Blogger Widgets

11 agosto 2017

Como Planejar uma viagem?

Hey! Nesse post vou tentar mostrar um pouco do que uso para planejar minhas viagens. Acabo seguindo a mesma receita de bolo não importando o destino.



PASSAGENS
Sei que têm outros, mas acompanho sempre o Melhores Destinos pois se aparece alguma promoção maluca eles definitivamente vão comentar! Não uso o site deles para comprar a passagem em si pois eles adicionam taxas em cima, assim como o Decolar mas serve para eu saber em que empresa e data procurar.   
Depois de saber dos destinos em promoção, ou de algum que mesmo sem promoção eu tenha interesse, eu consulto o Google Flights, ele te indica os preços que de fato vai pagar e sem taxas adicionadas por ele(te mostra os links para os sites das companhias). Nele você pode simular o preço para várias datas, filtrar por horário de voo, se tem parada ou não e etc. A interface é bem simples mas ajuda muito!


Em geral, comprar com milhas passagens para países mais longe não valem a pena mas não custa sempre dar uma olhadinha. O melhores destinos costuma avisar também quando está rolando alguma promoção por milha. Eu assino a newsletter do Smiles e Multiplus ,que são os que tenho pontos, pois se tem alguma promoção eles avisam no email,dai não preciso ficar conferindo no site deles.


CHECHLIST


Crio sempre uma planilha na nuvem(uso a do Google que é grátis) que posso usar de qualquer aparelho que esteja conectada, mas no papel faz um efeito parecido também. Nela adiciono os gastos que com certeza terei para ter um controle do que posso e do que não posso de fato. Por exemplo: passagens aéreas (nessa viagem para Ásia além da passagem de Floripa para Seul terei que comprar outras: Rio-Floripa,Seul-Xangai,Xangai-Tóquio), seguro viagem(que é obrigatório para quase qualquer país), hotel, visto (sempre bom checar se precisa ou não) , passaporte (se tiver menos de 6 meses pra vencer tem que renovar!) e o cash que tem que levar.
Mesmo que no final os valores mudem um pouco, porque nem tudo precisa pagar logo de cara da pra ter uma boa noção.  Um site que descobri a pouco tempo e ajuda muuuuito na previsão de quanto vai gastar é o Quanto Custa Viajar  ,nele você pode escolher seu perfil de viajante(se quer tudo do mais baratinho, se quer custo-benefício ou se quer luxo) e ele te mostra a média para aquele destino de quanto vai gastar com hotel, passeios , comida e etc.
Como conheço bem pouco sobre meu próximo destino, essas coisas me ajudam bastante.




Blogger Widgets

Páginação - Não altere este gadget!





© de tudo um pouco - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESENVOLVIDO POR Horion Agência Digital